“Queremos continuar a ser o clube com maior representação de atletas no distrito”

68
visualizações

Para além de ter falado do aniversário do clube, a presidente Maria João de Figueiredo abordou também a situação que nos preocupa a todos causada pela pandemia da Covid-19 e os tempos difíceis que se perspectivam.

 

- Pub -

Este ano o FC Barreirense não comemorou o seu aniversário da forma desejada. Quer deixar uma mensagem aos associados, adeptos e atletas?

Este ano festejámos de forma diferente, pelas razões já sobejamente conhecidas. Tínhamos planeado algo para festejarmos todos juntos, incluindo a nossa sessão solene, que também teve de ser cancelada. Isso podia ter provocado uma onda de tristeza, mas pelo contrário, a minha alegria foi tanta que me emocionei ao ver os atletas, treinadores, sócios, familiares e apoiantes a parabenizar o clube em todas as redes sociais, o meio de comunicação privilegiado nos tempos que correm. Estivemos isolados e confinados como a situação exige, mas estivemos unidos de coração, pelo amor que nos une ao Futebol Clube Barreirense. Em breve vamos estar todos juntos e mais fortes.

 

Como está o clube a viver o actual momento?

Ninguém no mundo estava preparado para uma situação destas, e o Barreirense também não, mas a verdade é que nos adaptámos rapidamente à nova realidade. Numa primeira fase, a nossa preocupação foi proteger todos os atletas, treinadores e colaboradores, passando também por os sensibilizar para a importância de ficarem em casa. Depois de criarmos essa estabilidade, iniciámos rapidamente reuniões online com equipas, treinadores e capitães, de forma a criar planos de treino, e é gratificante perceber que todos estão empenhados em se manter activos fisicamente e mentalmente. É bom perceber que temos bons seres humanos e pessoas bem formadas à nossa volta, é isso que queremos passar aos atletas do nosso clube. Fico feliz porque todos nos adaptámos a esta realidade e estamos a contribuir para que esta paragem não se reflicta tão intensamente no regresso aos treinos e nisso os pais têm sido um forte apoio.

 

O clube está preparado para os tempos difíceis que se aproximam?

Ninguém estava preparado, nem nós nem os maiores clubes do mundo. Temos que nos reinventar, assim como todos os outros terão que o fazer, pois esta vai ser a maior crise mundial, Temos a convicção que queremos continuar a ser o clube com maior representação de atletas no distrito de Setúbal e que é necessário a ajuda de alguns intervenientes ligados às diversas modalidades. As receitas do nosso clube são geradas por quotas, mensalidades, patrocínios e alguma contribuição da Câmara Municipal do Barreiro, que faz de igual forma para todos os clubes no concelho. Na minha opinião, a recuperação passa por uma boa estratégia entre federações, associações distritais e clubes, criando medidas para que nos possamos todos levantar desta situação. Espero que estas medidas sejam anunciadas em breve, pois os clubes não se podem endividar. O FCB tem junto da cidade do Barreiro um papel social muito importante, espero poder continuar a contar com os patrocinadores para a próxima época, pois os nossos objectivos desportivos são ambiciosos. Acredito que os organismos institucionais ligados às várias modalidades nos surpreendam com novas propostas de trabalho.

Há algo mais que queira salientar?

Deixar um especial agradecimento a todos os patrocinadores que apoiaram e acreditaram no FCB e na direcção que o representa. Dizer muito obrigado, em meu nome e da direcção, a todos os associados, familiares, treinadores, staff, voluntários e em especial aos nossos atletas. Todos deram o melhor em todos os jogos e eu gostei tanto de os acompanhar, de vibrar com as vitórias e sofrer com as derrotas. Por vezes senti que as equipas jogavam com tal garra, que parecia o último jogo da vida delas. Vamos acreditar e ter fé que vai ficar tudo bem e que estes meses tenham sido de reflexão e aprendizagem para que os jogos que hão-de vir sejam jogados ainda com mais garra e com mais paixão. Como diz o nosso hino: Uma fé que tudo vence! Um só nome, Barreirense!

Comentários

- Pub -