Galitos Futebol Clube em fase de grande expansão

56
visualizações

Depois do sintético e das obras dos balneários no campo de futebol, o clube aguarda agora pelo pavilhão, sede social, duas piscinas, health club e restaurante.

- Pub -

Há nove anos consecutivos na principal liga de basquetebol nacional, o Galitos Futebol Clube tem vindo a crescer de forma sustentada e as perspectivas para o futuro são ainda mais animadoras tendo em conta o projecto do complexo desportivo, que se encontra em fase de conclusão.

 

Em entrevista ao “Setubalense”, Carlos Guerreiro, presidente do clube fez o balanço da época, falou da qualidade do plantel, da nova temporada, dos objectivos e das novas infra-estruturas que vão possibilitar melhores condições de trabalho e proporcionar uma maior oferta desportiva.

 

Qual o balanço que se pode fazer do trabalho realizado pela equipa de basquetebol no campeonato?

Fazemos um balanço muito positivo. Apresentámos um basquetebol de qualidade, competitivo e uma boa gestão dos recursos disponíveis. O grupo de trabalho era muito coeso, trabalhador e bem liderado pelo Hugo Salgado que, juntamente com os novos jogadores foi uma grande aquisição.

 

A classificação obtida corresponde às expectativas?

Completamente. Terminámos em sexto lugar com 4 jogos por realizar. O rendimento da equipa continuava a subir e tudo estava encaminhado para ficarmos nos 8 primeiros, atingindo assim os playoffs.

 

Entende que a solução encontrada foi a melhor para dar a época por terminada?

Qualquer que fosse a solução encontrada nunca agradaria a todos. Penso que a Federação foi sensata e ponderada, agindo de acordo com as informações das autoridades oficiais que iam sendo disponibilizadas a cada momento. Parece-nos justa a solução encontrada considerando que ficaram assegurados os direitos desportivos adquiridos até à interrupção. Com a partida da quase totalidade dos atletas estrangeiros para os seus países de origem e não podendo estes regressar, não seria possível terminar a época com a competitividade adequada e que a Liga Placard merece. O período que vivemos actualmente é muito sério do ponto de vista da saúde pública e sendo um período excepcional das nossas vidas, requer medidas também excepcionais e difíceis. Mais importante que qualquer actividade desportiva é a vida das pessoas e é isso em primeira mão que devemos acautelar.

 

O Galitos teve dois jogadores distinguidos pelo Eurobasket, facto que revela qualidade!

Ficámos muito satisfeitos. Fazemos um trabalho de recrutamento muito cuidado e desde o início que ficámos com a certeza da grande valia do grupo. Os dois atletas distinguidos, Austin Tilghman (melhor base da Liga) e Cecil Williams (melhor extremo e melhor jogador importado) são grandes atletas e também excelentes pessoas. Empenhados e sempre em busca de melhores performances, pelo que as distinções são extremamente merecidas.

 

A próxima época já começou a ser preparada?

Sim, já a estamos a preparar há várias semanas. Apercebemo-nos que dificilmente iria terminar a época 2019/2020 pelo que começámos de imediato a trabalhar na próxima. Renovámos com o treinador e nos próximos dias vamos renovar com os atletas portugueses. Estamos já no mercado em busca de novos talentos.

Esta pandemia veio alterar de forma radical a vida de pessoas e instituições. É uma situação que nos preocupa, contudo, estivemos sempre em contacto permanente com os nossos parceiros com os quais temos solidariamente resolvido todas as questões. Já temos garantida a continuidade de todas as parcerias para a próxima edição da Liga o que nos deixa tranquilos quanto ao futuro.

 

E em relação a objectivos, já foram estabelecidos?

Sim. Continuamos sempre com os pés bem assentes e cientes das dificuldades. Relativamente à equipa da Liga Placard os nossos objectivos para a próxima época continuam a ser a manutenção e a presença nos playoffs, juntamente com as finais da Taça de Portugal. Já obtivemos dois quintos lugares na Liga, por isso vamos tentar obter a melhor classificação possível.

 

Como tem sido possível ao Galitos manter-se na alta-roda do basquetebol nacional?

Vamos para a 9.ª época consecutiva na Liga. Tem sido um percurso difícil mas muito motivador, gratificante e felizmente possível devido ao muito empenho e dedicação de todos os intervenientes. Temos mantido um trabalho contínuo na busca de parcerias e orçamentos muito rigorosos. Como se costuma dizer, a sorte dá muito trabalho, e nós temos sabido procurar empenhadamente a nossa.

 

Perspectivas para o futuro?

O processo de crescimento do Galitos FC na última década tem sido muito sustentado. Aguardamos pela conclusão das obras do complexo desportivo actualmente a ser edificado junto ao nosso campo de futebol, modalidade também em expansão no clube, quer em número de atletas, quer nas importantes melhorias que temos implementado: novo relvado sintético e as obras nos balneários e instalações de apoio. O complexo desportivo que incluirá um novo pavilhão, com capacidade para realizar jogos oficiais de várias modalidades, irá permitir que o Galitos FC dê um importante salto qualitativo, melhorando fortemente a sua oferta desportiva. Além do pavilhão e da nova sede, o complexo contará igualmente com duas piscinas, health club com área superior a 1.000m2, praça, restaurante e estacionamento para cerca de 250 viaturas.

 

Comentários

- Pub -