Vitória arranca hoje com os treinos colectivos no Estádio do Bonfim

14
visualizações

Nova etapa depois do resultado negativo no terceiro rastreio ao plantel.

 

- Pub -

Duas semanas após o regresso ao trabalho, o plantel do Vitória FC inicia hoje, pelas 10 horas, no Estádio do Bonfim, os treinos colectivos. A decisão de se avançar mais uma etapa na forma como Julio Velázquez está a preparar a equipa para o reatar da I Liga só é possível depois de os jogadores, equipa técnica e ‘staff’ terem acusado negativo no terceiro rastreio à Covid-19, realizado na sexta-feira.

O anúncio foi feito numa altura em que o Governo, seguindo as recomendações da Direcção-Geral da Saúde (DGS), também autorizou os treinos colectivos nos clubes que participam no escalão principal. O facto de o número de infectados registados até ao momento entre os 18 clubes estarem controlados permite que seja dado mais um passo rumo à normalização da situação.

No caso do Vitória, que já tinha tido resultados negativos nos rastreios de 2 e 10 de Maio, voltou este sábado (dia 16) a revelar que todos no Bonfim estão limpos do vírus. ““Tal como dois os anteriores, este rastreio efectuado à covid-19 revelou que nenhum jogador, treinador ou elemento do ‘staff’ se encontra infetado”, anunciou no sábado o clube em comunicado publicado na sua página oficial.

Recorde-se que “de forma a certificar a saúde de todos nesta fase de contingência, foi realizado novo teste da zaragatoa/PCR com colheita nasofaríngea, para a detecção de doença activa”. O resultado negativo permite à equipa “prosseguir os trabalhos de preparação para o regresso do campeonato, mantendo todas as medidas de contingência adotadas até ao momento”, refere o documento depois do mais recente controlo”.

Paulo Gomes: “Cidade do Futebol é possibilidade, mas duvido que aconteça

Depois de o Estádio do Bonfim ter sido vistoriado na passada quinta-feira, para verificar se reúne as condições exigidas pela DGS para acolher os jogos caseiros da equipa do que falta da época actual, o clube ficará nas próximas horas a saber o resultado da inspecção. O presidente Paulo Gomes considera “inegável” que o Bonfim reúne as condições exigidas e deu conta do seu optimismo numa nota enviada pelo clube à comunicação social.

“É um estádio antigo, é verdade, não tem as condições que todos gostaríamos que tivesse, estamos a trabalhar para as melhorar, mas há um facto que é inegável: o Bonfim, neste momento, tem as condições que a Direção-Geral da Saúde pede”, refere, reiterando a sua confiança. “A vistoria correu muito bem e deixou-nos com sinais bastante positivos. Aqui não está em causa se o estádio é do Euro 2004, se não é do Euro 2004, se é de nível 1, nível 2 ou nível 3. O que está aqui em causa é se cumpre ou não as condições exigidas pela DGS. Isso é o mais importante”.

O dirigente revelou que foram também apresentados vários argumentos que mostram as mais-valias do recinto. “Quem conhece o Estádio do Bonfim sabe que é dos estádios mais arejados, em que as equipas não se cruzam e onde os jogadores andam cinco metros e estão no relvado. Uma vez que as actividades da ginástica estão suspensas, apresentámos ainda uma possibilidade que passa pelo aproveitamento desse espaço, uma vez que tem excelentes balneários e zonas de acessos excecionais”, referiu.

O presidente do emblema setubalense frisa que a determinação em jogar no Bonfim não colide com a vontade já expressa antes pelo clube da necessidade de retomar o campeonato. “O Vitória é de Setúbal e vamos lutar para que continue a jogar em Setúbal. Não quer isto dizer que vamos colocar algum entrave ao retomar do campeonato, até porque essa sempre foi uma batalha nossa e vamos jogar, independentemente da decisão que for tomada”.

Paulo Gomes finaliza a nota à comunicação social admitindo que atuar na Cidade do Futebol, em Oeiras, é um “plano B”, que não acredita venha a tornar-se realidade. “Temos um plano B, que é o nosso mal menor, mas a nossa luta é só uma: o Vitória é no Bonfim. Jogarmos na Cidade do Futebol é uma possibilidade, mas, muito sinceramente, depois daquilo que se passou hoje aqui no Bonfim, duvido que aconteça”.

“Acordo com Velázquez a qualquer momento”

Em entrevista ao Canal 11, o presidente do conjunto setubalense mostrou-se confiante na possibilidade de as negociações para a renovação de contrato com Julio Velázquez chegarem a bom termo. ““Já tive algumas conversas com o treinador. Não tivemos ainda a conversa decisiva, mas uma coisa posso dizer: estamos os dois no mesmo caminho e esse caminho está a ser feito de uma forma muito comum, por isso podemos ter um acordo a qualquer momento”.

Na ocasião, Paulo Gomes, que em Janeiro de 2020 sucedeu a Vítor Hugo Valente na presidência do Vitória, voltou a tecer rasgados elogios ao técnico espanhol, de 38 anos, que chegou a Setúbal em novembro de 2019. “Julio Velázquez é um treinador que tem valorizado o clube e a cidade. A sua competência é vista por todos de uma forma bem visível, portanto acho que estamos no bom caminho”.

 

Comentários

- Pub -