ADQC quer acabar com as dúvidas que os interesses e os ‘cozinhados’ possam ter

8
visualizações

Clube já anunciou a renovação com a anterior equipa técnica liderada por Luís Ferreira (Jardel).

 

- Pub -

A AD Quinta do Conde, que fez uma época fantástica e andou grande parte do campeonato em 2.º lugar, estava na terceira posição quando a competição foi cancelada e em consequência disso acabou por ficar à porta da subida de divisão.

As duas derrotas sofridas em casa, com Monte de Caparica e Zambujalense, permitiram que o Seixal ficasse com o mesmo número de pontos mas com vantagem no confronto directo porque havia ganho o jogo disputado entre ambos no Estádio do Bravo.

O emblema da Quinta do Conde ainda acalenta alguma esperança de poder vir a disputar na próxima temporada a 1.ª Divisão Distrital mas tal hipótese só é viável se o Cova da Piedade, que desceu ao Campeonato de Portugal, vier a abdicar da sua equipa “B”.

Seja como for uma coisa é certa, a ADQC felicitou as duas equipas promovidas “pelo trabalho dentro e fora de campo que fez com que à data da interrupção estivessem nos dois lugares cimeiros. Por esse trabalho e mérito, os nossos sinceros parabéns”.

“Depois de uma decisão da AF Setúbal cheia de polémica e contorno de regulamentos e outros propósitos, acabámos por continuar na mesma divisão. Dito isto, para o ano estaremos a competir no mesmo campeonato distrital que esta época. Acartaremos connosco o peso dos resultados e sabemos que provavelmente seremos um alvo a abater, no bom sentido da expressão. Mas isso só nos traz mais vontade de sermos melhores para acabarmos com todas as dúvidas que os interesses e os ‘cozinhados’ possam ter”, realçam os quintacondenses que já anunciaram a renovação com a anterior equipa técnica composta por Luís Ferreira (Jardel), Paulo Sousa, Sérgio Barreira e Nu

Comentários

- Pub -