“Este é um projecto baseado em mais do que apenas uma mudança de campeonato”

50
visualizações

Clube regressa às competições da Associação de Futebol de Setúbal cerca de 40 anos depois.

- Pub -

O Grupo Desportivo Lagoa da Palha, fundado em 1954 na Freguesia de Pinhal Novo, concelho de Palmela, vai ser novidade no Campeonato Distrital da 2.ª Divisão da Associação de Futebol de Setúbal.

 

O clube que vinha participando no Campeonato do Inatel conseguiu reunir condições e meteu mãos à obra no sentido de avançar com o projecto que vai muito mais além que a simples mudança de competição.

 

O presidente do clube, Rui Cardoso, não adiantou mais pormenores sobre o assunto mas deixou bem vincado que “na hora certa tudo se saberá”.

 

Como surgiu a ideia de entrar na próxima época na 2.ª Divisão Distrital?

Apesar de ser uma surpresa para muitos, esta nossa participação na 2.ª Divisão Distrital faz parte de um projecto com algum tempo que aguardava as condições ideais para ser posto em marcha. Este ano julga a Direcção do GDLP que finalmente essas condições estão reunidas para que esta nossa participação seja algo duradoura e não apenas algo de uma época apenas. O projecto engloba muito mais do que apenas a participação nas provas distritais, mas quanto a isso na hora certa tudo se saberá.

 

Esta não é a primeira vez que o clube participa nas competições da AF Setúbal?

De facto, não. O GDLP teve várias participações nas provas distritais sendo a última nos anos 80. Portanto, já estamos afastados há muitos anos das provas da Associação de Futebol de Setúbal.

 

Por que razão deixou o Inatel?

Foram várias as razões, umas melhores, outras menos boas, sendo a mais válida a aposta no projecto em andamento do GDLP que passa pelas provas distritais. Existiu também um afastamento do GLDP em relação ao modelo de campeonato praticado pelo Inatel que regista cada vez menos equipas, saindo algumas para outros distritos e outras para provas distritais. Aqui na nossa região a Juventude Melidense e o Brejos de Azeitão são um exemplo recente disso mesmo.

 

O clube está preparado para este novo desafio?

Como tudo na vida, não se pode ter certezas a 100% como temos visto ultimamente na sociedade onde ninguém esperava tal situação relacionada com o vírus. Mas, se não estivessem reunidas aquelas que consideramos ser as condições mínimas para esta mudança, não a faríamos. Este é um projecto baseado em mais do que apenas uma mudança de campeonato.

 

Em relação à equipa técnica e ao plantel irá haver certamente algumas novidades. O que se pode saber sobre isso?

Em relação à equipa técnica, julgamos ter nos nossos quadros a competência necessária para uma boa época. Iremos ter connosco o mister Gilberto Silva possuidor do Nível II de Treinador. Já está connosco à dois anos e nesses dois anos atingimos a final do campeonato do Inatel no primeiro ano e este ano estaríamos na final da taça Inatel, caso não fosse a actual situação do País. Quanto ao plantel já esta a ser planeado, será um misto de jovens jogadores saídos dos Juniores de vários clubes da zona e também com alguns jogadores do ano transacto. Mas esse é um tema que o Mister Gilberto Silva poderá dar mais informações. A confiança no Mister e no plantel será total.

 

Quais são então os objectivos da equipa neste regresso às provas associativas?

O nosso objectivo é o mais simples possível. Dignificar o clube e dar o maior número de alegrias aos sócios, adeptos e amantes do futebol. Não teremos a arrogância de dizer que somos candidatos a nada, apenas tentaremos chegar onde conseguirmos chegar porque sabemos da qualidade das várias equipas da 2.ª Divisão Distrital e da competitividade da mesma. Mas surpresas podem acontecer e por vezes o patinho feio transforma-se em cisne…

 

Quer acrescentar algo mais?

Agradecer a todos os que nos têm apoiado, e que cada vez são mais e prometer que iremos dignificar ao máximo o nosso clube e a nossa terra. Pedir que os nossos apoiantes, sócios e parceiros que acreditem no nosso projecto e que nos ajudem cada vez mais a fazer crescer o nosso sonho, o sonho de todos nós. Agradecer à Associação de Futebol de Setúbal pela forma como nos tem ajudado na organização da entrada em competição e também desejar a maior sorte aos clubes que em breve serão nossos saudáveis rivais em campo e esperar que esta crise passe rápido e que todos, clubes, adeptos, e sociedade em geral voltem ainda mais fortes do que já eram.

Comentários

- Pub -