26 Fevereiro 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Desporto Assegurar a manutenção na prova de acesso é o principal objectivo

Assegurar a manutenção na prova de acesso é o principal objectivo

Para os sesimbrenses, o início da época, que começa oficialmente no dia 12 de Setembro, é extremamente importante porque em causa está a continuidade na 2.ª Divisão Nacional.

 

- PUB -

O Grupo Desportivo de Sesimbra tem vindo a trabalhar no sentido de preparar a sua equipa de hóquei em patins para a fase preliminar sul de acesso ao Campeonato Nacional da 2.ª Divisão que se disputa em cinco jornadas, entre os dias 12 e 26 de Setembro, numa competição a uma volta, em formato concentrado, com jogos em casa e fora.

 

Nesta prova, para além do GD Sesimbra participam também o HC Sintra, o Campo de Ourique e ainda três equipas que sairão da fase pré-preliminar do Campeonato Nacional da 3.ª Divisão que se realiza no próximo fim-de-semana no Pavilhão Municipal Leonel Fernandes, no Seixal, no que respeita à zona sul. Os três primeiros classificados nesta zona vão disputar o Nacional da 2.ª Divisão e os restantes irão participar no Campeonato Nacional da 3.ª Divisão, que começam logo a seguir.

- PUB -

 

 

Sob o comando técnico de Marco Costa e do preparador físico Prof. João Cunha e Silva, os onze atletas que compõem o plantel não se têm poupado a esforços nesta fase preparatória porque o objectivo passa por se apresentarem nas melhores condições possíveis para atacarem em força a permanência no segundo escalão do hóquei em patins nacional.

- PUB -

 

De salientar será também o esforço desenvolvido pela direcção do clube que, apesar do momento não ser o melhor em termos financeiros, conseguiu criar condições para a colocação de um novo piso de madeira no seu pavilhão, que vai ser inaugurado oficialmente no próximo sábado, dia 5 de Setembro, pelas 16h 15m, seguindo-se posteriormente uma cerimónia protocolar, no salão de festas “Coronel Joaquim Pinto Braz”.

 

Relativamente ao plantel para esta nova época, o Grupo Desportivo de Sesimbra assegurou a continuidade de seis jogadores, Bruno Fuzeta, Gonçalo Marcelino, Paulo Carapinha, Diogo Dias, Miguel Serrano e Jorge Coelho e procedeu à aquisição de cinco, sendo de salientar três que vêm do Murches, Miguel Oliveira, André Raposo e João Chalupa e ainda Ricardo Fonseca que representava a Juventude Salesiana e Rodrigo Raposo, do Campo de Ourique.

Artigo anteriorO racismo
Próximo artigoFalta de apoios ameaça o atletismo
José Pina
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Morto a tiro em festa na encosta da Bela Vista

Um homem com cerca de 30 anos morreu este domingo baleado com dois tiros numa festa ilegal que decorria na encosta da Bela Vista,...

Várzea veio colmatar necessidade de antecipar o fecho da estação na 5 de Outubro

TST explica que antiga estação apresentava alguns problemas, inclusive ao nível da logística nos serviços   A empresa Transportes Sul do Tejo (TST) inaugurou há cerca...

Dores Meira acusa PS de falsear realidade sobre estacionamento pago na cidade

Dores Meira não poupa criticas às razões que o PS tem alegado. E aponta-lhe os casos de Lisboa e Almada   O estacionamento pago na cidade...
- PUB -