18 Janeiro 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Desporto Pandemia de covid-19 condicionou fortemente a 7.ª jornada do Campeonato de Portugal

Pandemia de covid-19 condicionou fortemente a 7.ª jornada do Campeonato de Portugal

A pandemia de covid-19 continua a condicionar fortemente o normal desenrolar do Campeonato de Portugal. Nesta 7.ª jornada, dos seis jogos programados para domingo apenas se realizaram três, dois pela manhã e um pela tarde; os outros foram todos adiados.

- PUB -

O Amora – Louletano vai realizar-se na próxima quarta-feira, dia 2 de Dezembro, às 11 horas; o Sporting “B” – Desportivo Fabril no dia 13, às 15 horas; e o Lusitano de Évora – Vitória FC no dia 29, às 11 horas.

Nos jogos realizados as equipas da região obtiveram todos os resultados possíveis, uma vitória, um empate e uma derrota.

 

- PUB -

Oriental Dragon vence Sp. Ideal

A vitória foi alcançada pelo Oriental Dragon que derrotou de forma clara e objectiva o Sporting Ideal por 4-1, num jogo inteiramente dominado por si que ao intervalo registava já 2-0 no marcador, sendo os golos marcados por Nico (27’) e Gonçalo (34’).

Na segunda parte o Oriental Dragon continuou a mandar no jogo e viu a sua tarefa ficar ainda mais facilitada porque a partir dos 55 minutos ficou em superioridade numérica, por expulsão do guarda-redes da equipa açoriana. Logo a seguir (57’) Nii Plange ampliou a vantagem para 3-0 e Diogo Branco, aos 70 minutos, aumentou para 4-0. Já na parte final do encontro (86’) o Sporting Ideal fez o seu golo de honra, fixando assim o resultado final em 4-1.

- PUB -

 

Pinhalnovense empata com Juventude

O empate foi registado no Campo Santos Jorge onde o Pinhalnovense recebeu o Juventude de Évora. A equipa de Pinhal Novo entrou bem no jogo e adiantou-se no marcador com um golo de Miguel Pires marcado aos 8 minutos, após excelente trabalho desenvolvido pelo lado esquerdo por João Bandeira que colocou na área para o seu companheiro encostar.

O Juventude de Évora aos poucos foi equilibrando e por volta da meia hora chegou ao empate por Dino Semedo que aproveitou da melhor maneira uma perca de bola em zona proibida.

Na segunda parte quem entrou melhor foi a equipa alentejana que esteve perto do golo nos minutos iniciais mas depois com a expulsão de Rodrigo Dias as coisas mudaram de figura porque a formação orientada por Ricardo Estrelado assumiu o comando das operações, mas sem efeitos práticos.

Os eborenses nas bolas paradas também iam criando algum perigo mas nos minutos finais quem pressionou foi o Pinhalnovense que desperdiçou algumas boas ocasiões para marcar saindo assim penalizado do encontro.

A repartição de pontos não deixou ninguém totalmente satisfeito porque ambos queriam a vitória mas a equipa eborense tem razões para se sentir melhor porque jogou desde os 60 minutos em inferioridade numérica.

 

Montijo surpreendido em casa

A derrota, que foi a primeira da época, foi sofrida pelo Olímpico do Montijo no encontro disputado com o Rabo de Peixe.

Depois de três vitórias e dois empates nos cinco jogos anteriormente realizados para o campeonato e para a Taça de Portugal, sempre com boas exibições, a equipa montijense foi surpreendida no Campo da Liberdade pelos açorianos, que se encontram ainda invencíveis na competição.

Este foi um jogo que não correu nada de feição ao Olímpico do Montijo que começou praticamente a perder porque sofreu o primeiro golo quando estavam decorridos apenas dois minutos e sofreu os outros dois, ainda na primeira parte, aos 32 e 36 minutos.

As equipas foram para o intervalo com o Rabo de Peixe a vencer por 3-0, resultado demasiado pesado para os montijenses que melhoram bastante na segunda parte mas não conseguiram minimizar a situação, perdendo por 3-0.

 

José Pina
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Covid-19 obriga Hospital de Setúbal a activar pela primeira vez nível vermelho de Crise ou Catástrofe

Administração assume em circular normativa que estrutura para atender infectados dá sinais de completa saturação   A administração do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, activou...

Apreendidos mais de 330 quilos de pescado em Sesimbra. Valor ultrapassa 4600 euros

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR, por intermédio do Subdestacamento de Setúbal, apreendeu ontem mais de 300 quilos de pescado, em Sesimbra, numa...

Empresa de transportes da Área Metropolitana de Lisboa entra em funcionamento no dia 17

A empresa de Transportes Metropolitanos de Lisboa (TML), que irá gerir o serviço de transporte rodoviário público na Área Metropolitana de Lisboa (AML), vai...
- PUB -