Ópticas de Portugal Setúbal oferece os melhores produtos do mercado

23
visualizações

Num sector fortemente competitivo a loja de Setúbal assumiu desde o início o compromisso com a qualidade

 

- Pub -

A Ópticas de Portugal abriu portas em Setúbal em 2011. Acompanhar a evolução de um mercado tão competitivo e em constante renovação de oferta tem sempre os seus desafios em qualquer sector de actividade. “Nunca é fácil acompanhar a evolução de um mercado, que, pela questão preço, em muitas situações perde qualidade de serviço”, frisa Vitor Cruz a O SETUBALENSE. Para o proprietário e rosto visível da Ópticas Portugal Setúbal “a concorrência é feroz e por vezes não muito ética. Da nossa parte o mais importante é fornecer aos utentes o melhor serviço em saúde visual”.

O serviço aliado à qualidade e experiência são os factores que distinguem a loja da concorrência, considera, Vítor Cruz. “A experiência, quase 25 anos de profissão, a constante renovação de conhecimento, mantendo-nos a par das novidades e inovações no ramo óptico. Por isso temos um pouco de tudo para oferecer aos utentes; as melhores marcas, os melhores produtos, óculos de trabalho, desporto, natação, lupas. Os melhores serviços; optometria, contactologia, retinografia, tonometria. As melhores parcerias, o atendimento personalizado e muito mais.

Com a crise provocada pela covid-19 o ano de 2020 fica em parte comprometido e, por isso mesmo, Vitor Cruz não arrisca muito no que pode resultar a actividade até final do ano. “Neste momento não é fácil ter ideias concretas sobre o assunto, o mercado ainda está um pouco desconfiado, muitos dos utentes perderam rendimento, e também levarão algum tempo a recuperar, mas os primeiros indicadores são bastante positivos”.

A Ópticas Portugal foi das poucas lojas em Setúbal que não suspenderam a sua actividade. Com alguma tranquilidade, o empresário diz que nem foi uma decisão muito difícil de tomar e explica porquê. “Nós como ramo estritamente ligado à saúde, e sendo a visão de extrema importância no conforto no dia-a-dia dos nossos utentes, assumimos um espírito de missão, não tendo como objectivo primordial o lado do negócio, mas sim o serviço prestado a todos e quaisquer utentes que assim o necessitassem, sendo boa parte destes profissionais de saúde”.

Visual imposto pelas novas regras sanitárias

A adaptação a esta nova realidade, revela, “também não foi complicada, no dia-a-dia desta área de negócio, a higienização dos espaços já era rotina, foi de resto seguir as novas recomendações da Direcção Geral de Saúde (DGS), fazendo alterações evidentes no espaço para que a segurança dos utentes pudesse ser optimizada.


Estas regras sanitárias, muitas delas vieram trazer uma nova forma de pensar os nossos espaços, e certamente algumas delas fazem todo o sentido em manter permanentemente, e iremos fazê-lo.

No âmbito da covid-19, as alterações são visíveis, mas discretas, não alterando de forma alguma a personalidade do espaço”. A concluir Vítor Cruz deixa o convite. “Queríamos dizer a todos que, nos venham visitar, serão recebidos, com simpatia, profissionalismo e em segurança”.

Luís Pestana

Comentários

- Pub -