27 Fevereiro 2021, Sábado
- PUB -
Início Empresas Publireportagem: Sollac Tintas decide apostar forte na divulgação dos seus produtos na...

Publireportagem: Sollac Tintas decide apostar forte na divulgação dos seus produtos na região de Setúbal

Este ano marca um ponto de viragem na forma da empresa encarar a sua presença no mercado do distrito

 

- PUB -

Com mais de 13 anos de experiência no mercado, a Newger Sollac Tintas começou este ano a apostar com mais dinâmica no distrito de Setúbal, uma estratégia que irá continuar em 2021 para definir a sua presença neste território.

O CEO da empresa, Romeu Gomes, fala de uma estrutura empresarial com início nos Campelos, Torres Vedras, que adquriu know-how exclusivo e reconhecimento para ter presença a nível nacional e internacional, daí a confiança de conseguir um bom posicionamento na região.

Com a imagem de trabalhar com produtos inovadores, a empresa tem nos seus objectivos não só a satisfação dos seus clientes, mas também a redução de custos e preocupação ambiental. Uma visão que Romeu Gomes diz estar presente na linha de cerca de 150 produtos que oferece, numa gama que inclui tintas, isolamentos, vernizes, primários, linha madeiras e linha industrial.

- PUB -

É com toda esta família de produtos, que a Sollac Tintas entende o distrito de Setúbal como “um mercado muito interessante, mas com muita concorrência”, refere Romeu Gomes que acresenta: “estamos confiantes das nossas capacidades e valências, por isso acreditamos que também neste mercado iremos vencer”.

O CEO acredita que existe uma interessante margem de crescimento para a Sollac na região de Setúbal. “Muita mesmo. Nesse sentido, neste ano de 2020, começámos a apostar forte na divulgação dos nossos produtos nesta região através da nossa rede comercial local. Temos também programadas formações dos nossos produtos através de alguns parceiros locais.

No espaço de tempo que está no mercado, desde 2004, o CEO da Sollac mostra-se satisfeito com os resultados obtidos pela empresa até agora. “O caminho tem-se feito com passos firmes, e de forma sustentável, mas sempre atentos a oportunidades que possam surgir, por isso o balanço que faço é bastante positivo. Caminhamos de forma a não colocar em causa a estabilidade da empresa ao longo dos anos. Até hoje os resultados têm sido positivos.

- PUB -

A caminhar rapidamente para as duas décadas no mercado o administrador explica os factores diferenciadores em relação aos outros competidores no sector, que trouxeram a Sollac até ao patamar em que está no presente.

“A Sollac Tintas, ainda é uma Pequena Média Empresa (PME), mas mesmo sendo uma PME líder, tem muito para crescer. Neste momento estamos em fase de certificação da empresa ISO9001 e ISO14001, e estas certificações fazem-nos ter algumas mais valias em relação a outras empresas. Temos também um laboratório de I&D que tem vindo a dar excelentes frutos em termos de controlo, qualidade e inovação de todos os produtos. Por exemplo temos o caso de um produto estrela e diferenciador da concorrência, a Cortiça Projetada Corticyte® um produto eco sustentável e de excelentes performances, e que acreditamos ter muito potencial”.

Entretanto, foi necessário definir um trajecto de adaptação à inespera situação causada pela pandemia Covid-19. Romeu Gomes explica a forma que a empresa encontrou para ultrapassar a crise desencadeada pelo virus. “Estamos neste momento, numa fase em que a construção não parou, e até está a aumentar. Claro que temos que estar preparados para um decréscimo natural da evolução económica, que virá mais à frente. Mas até ao momento, no nosso sector, não temos sentido essa crise, mas devemos estar sempre atentos.

As medidas mais importantes tomadas, revela, mexeram um pouco com todos os sectores da empresa. “Toda a empresa, fábrica, produção, I&D, lojas, comerciais, revenda, foi “briefada” no sentido de todos termos responsabilidade, e cuidados extras, em cada função. Desta forma também os nossos clientes vão sentir-se seguros na relação que têm connosco e confiar”.

E acrescenta que “o impacto, neste momento, não o sentimos no nosso sector, mas vai inevitavelmente acontecer, como em todas as atividades económicas. Portanto, todos temos que estar preparados, atentos, e ter já alguns planos feitos com antecedência de cenários económicos, quer micro, quer macro económicos, que possam ser desfavoráveis ao nosso sector”.

Apesar desta inesperada realidade, Romeu Gomes, vinca que o foco da Sollac em enfrentar o futuro de forma assertiva e com ideias bem definidas não sofreu nenhum abalo. “Um dos objectivos principais, tanto em 2020 como 2021, será realmente entrar no distrito de Setúbal com mais afinco. Já estamos a trabalhar nesse sentido, e aos poucos estamos a conseguir bons resultados. Temos o nosso armazém/loja na Lançada, e uma rede comercial local com muita experiência a mostrar a qualidade dos nossos produtos”.

Em tempos de crise da Covid-19, o CEO da Sollac Tintas, o CEO considera importante deixar uma mensagem positiva ao tecido empresarial e aos portugueses em geral. “Deixo uma mensagem de esperança, nunca deixar de acreditar. As adversidades fazem de nós mais fortes, fazem-nos crescer, quer a nível particular, quer a nível profissional. Todos temos de pensar positivo e tentar rodear-nos de pessoas ou empresas com esse espirito de vencer, de ultrapassar os obstáculos que nos parecem intransponíveis. Tem que fazer parte do ADN português este sentimento positivo e vencedor.

- PUB -

Mais populares

Morto a tiro em festa na encosta da Bela Vista

Um homem com cerca de 30 anos morreu este domingo baleado com dois tiros numa festa ilegal que decorria na encosta da Bela Vista,...

Várzea veio colmatar necessidade de antecipar o fecho da estação na 5 de Outubro

TST explica que antiga estação apresentava alguns problemas, inclusive ao nível da logística nos serviços   A empresa Transportes Sul do Tejo (TST) inaugurou há cerca...

Dores Meira acusa PS de falsear realidade sobre estacionamento pago na cidade

Dores Meira não poupa criticas às razões que o PS tem alegado. E aponta-lhe os casos de Lisboa e Almada   O estacionamento pago na cidade...
- PUB -