“Eu não posso, mas você pode”. A mensagem da GNR em época de pandemia [com vídeo]

26
visualizações

GNR desdobra-se em esforços nesta época de pandemia

A Guarda Nacional Republicana publicou um vídeo que consiste na vida e na família de um agente, que dadas as circunstâncias não pode ficar em casa com aqueles que mais preza. “Eu não posso [ficar em casa], mas você pode”, remata o agente no final do vídeo.

- Pub -

Nos dias complicados que se fazem sentir, as autoridades vêm assim sensibilizar as populações a terem comportamentos adequados mediante o contexto que se vive.

Refere ainda a polícia em comunicado que se viu obrigada a “ajustar o seu funcionamento e as suas rotinas, a fim de manter uma capacidade de resposta condicente com as necessidades do país” e relativamente à pandemia do Covid-19.

A controlar fronteiras estão mais de 500 militares, existindo ainda agentes no apoio à população, mais concretamente na primeira linha de cuidados de saúde, protecção e apoio aos idosos, sobretudo os que vivem isolados.

Diariamente existem agora cerca de 1800 patrulhas, que têm percorrido uma média diária superior a 120 mil quilómetros.

Neste momento, refere a GNR, existem dois militares infectados, três com suspeita de infecção, 57 em quarentena e 77 em avaliação.

Comentários

- Pub -