Crowdfunding. Campanha d’O SETUBALENSE vai a meio do prazo e do valor

37
visualizações

A campanha de crowdfunding, recolha de fundos, que O SETUBALENSE tem em curso desde o início de abril, chegou a meio, tanto de prazo como de valor conseguido. Os donativos, que podem ser feitos até dia 2 de Junho, atingiram ontem o total de 14.182,00 euros, ficando um pouco abaixo dos 15 mil euros necessários para o mês de Abril e dos 50% dos 30 mil de objectivo global da campanha.

- Pub -

A acção visa a recolha de 15 mil euros por mês, durante os meses de Abril e Maio, para assegurar a publicação do jornal durante estes dois meses de pandemia.

Na plataforma PPL Crowdfunding Portugal, onde a campanha está a decorrer – ver no link ppl.pt/causa/osetuabelnse ou contacte-nos pelo telefone 265 094 353 – o montante angariado até ontem era de 6.257 euros, sendo os restantes 7925 de ajudas directas ao jornal, por particulares e três empresas que estão a apoiar através da compra de publicidade.

Com quase 80 apoiantes, a campanha, para ter sucesso, precisa ainda de conseguir angariar 15.818 euros durante este mês de Maio.

Entre os donativos que o jornal recebeu este fim-de-semana contam-se os da empresa Lallemand Ibéria e do jornalista Manuel Acácio. A empresa, com fábrica na Cachofarra, doou 150 euros e o jornalista ofereceu 20. “O jornalismo é um pilar essencial da democracia”, escreveu o jornalista da TSF.

A leitora Sandra Oliveira Silva, que doou 20 euros, também deixou uma mensagem. “É reconfortante saber que O SETUBALENSE está atento às gentes deste distrito tão diverso, o vosso serviço é fundamental”. Ivone costa, com 20 euros, e dois anónimos, um que ofereceu 30 euros e o outro 20, foram os outros apoiantes mais recentes.
O SETUBALENSE agradece a todos os participantes e apela a quem ainda não apoiou, que ajude o jornal, que já conta 165 anos, a não ter que interromper a publicação diária.

Comentários

- Pub -