Município aprova construção de ciclovia entre antiga fábrica do alumínio e Freeport

51
visualizações

Empreitada acontece “no âmbito do Programa Operacional de Lisboa 2020” e tem “prazo de execução de um ano”

 

- Pub -

O trajecto compreendido “entre o limite nascente do empreendimento urbanístico em curso nas instalações da antiga fábrica do alumínio e a rotunda do Freeport” prepara-se para receber a “1.ª fase do percurso 1 da rede ciclável de Alcochete”, depois da Câmara Municipal aprovar o projecto, “por unanimidade, na reunião de dia 8 de Julho”, revela a autarquia em comunicado.

A empreitada, que tem “um valor base estimado de mais de 1 milhão e 991 mil euros” e “um prazo de execução de um ano”, surge “no âmbito do Programa Operacional de Lisboa 2020”. De acordo com a mesma nota, “a intervenção prevê a redução da largura da via rodoviária para seis metros e a criação de vias cicláveis e pedonais, com substituição dos pavimentos ao longo de toda a extensão”. Vai-se proceder, ainda, à “repavimentação dos arruamentos, à colocação de sinalização e à execução das redes de águas, de drenagem de águas domésticas e pluviais, electricidade, telecomunicações e gás natural”.

Conclusão da empreitada na ‘Estrada Real’

A empreitada de pavimentação a acontecer no Caminho Municipal 1004, “conhecido como Estrada Real”, está quase concluída, estando a ser realizados os últimos trabalhos no local. A via requalificada, “numa extensão de dois quilómetros, entre a rotunda do Entroncamento e a do Pinheiro da Cruz”, encontra-se a receber “a sinalização horizontal e a renovação da sinalização vertical, no sentido de promover a segurança rodoviária numa das artérias principais do concelho”, refere o município em nota de imprensa.

A execução desta intervenção, que “envolveu a colocação de um novo tapete em betuminoso, a uniformização das faixas de rodagem e a regularização das bermas, num investimento de 149 mil e 485 euros”, aconteceu pois o pavimento estava “bastante irregular e muito degradado”, devido do local “registar um elevado tráfego rodoviário”.

Comentários

- Pub -