28 Fevereiro 2021, Domingo
- PUB -
Início Local Almada Pedro Nuno Santos diz que obras na Ponte 25 de Abril são...

Pedro Nuno Santos diz que obras na Ponte 25 de Abril são prioridade do Governo

Intervenções de reparação e conservação têm um custo estimado em 12,6 milhões de euros e conclusão prevista para o final de 2020. Esta foi a primeira visita a uma obra no terreno desde que assumiu a pasta ministerial

 

- PUB -

 

O ministro das Infra-estruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, considerou ontem, em Almada, que as obras na Ponte 25 de Abril são uma prioridade do Governo, destacando que se trata de um investimento importante para a segurança dos cidadãos.

“Esta é primeira obra no terreno que eu visito enquanto ministro. Permite-nos sinalizar aquela que é uma das nossas principais prioridades”, disse o ministro, após uma visita aos trabalhos na ponte.

- PUB -

Acompanhado pelo secretário de Estado das Infra-estruturas, Jorge Delgado, e pelo presidente da Infra-estruturas de Portugal (IP), António Laranjo, Pedro Nuno Santos indicou que a Ponte 25 de Abril requer um cuidado especial, lamentando o adiamento da intervenção.

“São muitos quilómetros de infra-estrutura. Esta não é uma obra qualquer. É a Ponte 25 de Abril, obriga a um cuidado especial. E durante vários anos fomos adiando uma intervenção”, declarou o governante, realçando que o executivo está “a fazer obras de investimento público pelo país muito importantes”.

Com um valor estimado de 12,6 milhões de euros, as obras de reparação e conservação da Ponte 25 de Abril começaram formalmente em 19 de Dezembro de 2018 e têm conclusão prevista para o final do ano de 2020.

- PUB -

Para Pedro Nuno Santos, a conclusão dos trabalhos em 700 dias, sem condicionar o trânsito, atenua o impacto na vida dos cidadãos e utilizadores da infra-estrutura que liga Almada a Lisboa.

“[Esta] é uma das preocupações. Torna a obra mais prolongada, mas tenta-se minorar os impactos na vida dos nossos cidadãos, na vida dos utilizadores da Ponte 25 de Abril. Tenta-se limitar ao máximo o condicionamento da ponte e isso está assegurado”, frisou.

Também em declarações aos jornalistas, o presidente da Infra-estruturas de Portugal, António Laranjo, adiantou que já não haverá interrupção total da circulação nos dias 11, 12, 18 e 19 de Maio, bem como em dois fins-de-semana em Outubro. Segundo António Laranjo, estas interrupções “já não serão feitas” naquelas datas, mas serão realizadas, “posteriormente, em articulação com a Lusoponte”, concessionária da ponte.

A Ponte 25 de Abril serve, actualmente, cerca de 300 mil utilizadores todos dias, por rodovia e ferrovia. Lusa

 

- PUB -

Mais populares

Várzea veio colmatar necessidade de antecipar o fecho da estação na 5 de Outubro

TST explica que antiga estação apresentava alguns problemas, inclusive ao nível da logística nos serviços   A empresa Transportes Sul do Tejo (TST) inaugurou há cerca...

Dores Meira acusa PS de falsear realidade sobre estacionamento pago na cidade

Dores Meira não poupa criticas às razões que o PS tem alegado. E aponta-lhe os casos de Lisboa e Almada   O estacionamento pago na cidade...

Morto a tiro em festa na encosta da Bela Vista

Um homem com cerca de 30 anos morreu este domingo baleado com dois tiros numa festa ilegal que decorria na encosta da Bela Vista,...
- PUB -