Dia da Cidade e Festas do Barreiro aguardam decisão do município em Junho

26
visualizações

Terceiro período do plano de desconfinamento dita futuro sobre realização de eventos

 

- Pub -

A realização de iniciativas como as comemorações do Dia da Cidade, que se assinala a 28 de Junho (feriado municipal), para celebrar 36 anos daquela localidade, ou a cerimónia “Barreiro Reconhecido”, que distingue anualmente várias entidades e figuras do concelho estão “dependentes de uma decisão” daquele executivo, após o “início do terceiro plano de desconfinamento” previsto pelo Governo para o início do próximo mês, no âmbito da pandemia Covid-19. “Ainda estamos a avaliar com base no que será anunciado e só nessa altura é que poderemos definir de que forma iremos celebrar este ano uma data tão importante como o Dia da Cidade”, adiantou a vereadora da Cultura, Sara Ferreira.

O SETUBALENSE apurou junto da responsável que será também nessa altura, que serão conhecidas as medidas a adoptar este ano em relação às Festas em Honra de Nossa Senhora do Rosário, que decorrem durante o mês de Agosto, tendo já sido realizado um primeiro encontro com a Comissão de Festas. Neste momento, afirmou, “estamos a abrir os nossos equipamentos há medida que o decreto-lei assim o permite”, sublinhou.

Numa primeira fase, começam a funcionar “a biblioteca e o arquivo, e numa segunda etapa será a vez das galerias da cidade e do Moinho de Maré Pequeno”, onde está a funcionar desde o ano passado o Centro Interpretativo.

Finalmente e de acordo com Sara Ferreira, na terceira fase de desconfinamento, também a sala de espectáculos do Auditório Municipal Augusto Cabrita deverá reabrir, mas “ainda estamos a aguardar as condicionantes que permitirão que isso aconteça, dado que ainda não nos foram disponibilizadas mais informações sobre o assunto”, salientou.

“Estamos a adequar-nos a cada fase de abertura ao público dos nossos serviços”, acrescentou, tendo explicado que “teremos que ir analisando quinzenalmente o que poderá acontecer, isto porque actualmente não são permitidos ajuntamentos que excedam mais de dez pessoas”, realçou.

“Festival em Rede” com balanço muito positivo

Num balanço do “Festival em Rede”, que teve lugar no passado fim-de-semana, a vereadora considera que o evento online, realizado através do canal oficial da autarquia no Youtube “foi um verdadeiro sucesso e tivemos imensas visualizações”.
Ao longo de três dias, perto de duas dezenas de músicos barreirenses apresentaram várias canções ao público, concertos de jazz, hip-hop e música de experimentação. Tiago Sousa, Valu, Nicotine’s Orchestra, Minguito, Opus Pistorum e Van Ayres foram os artistas convidados a participar neste evento, realizado a partir de casa nas redes sociais.

Comentários

- Pub -