Câmara do Barreiro considera que a reabertura das escolas foi “tranquila”

24
visualizações

Esplanadas voltam a funcionar, com renovação de situação de alerta de âmbito municipal

 

- Pub -

Frederico Rosa, presidente da Câmara do Barreiro, fez-se acompanhar na última segunda-feira das equipas da Escola Segura, dos elementos da Comissão Municipal de Protecção Civil, em conjunto com elementos das duas corporações de bombeiros do concelho, para uma visita a estabelecimentos de ensino que reabriram as suas portas para que vários alunos pudessem regressar às aulas presenciais.

A autarquia considera que este foi “um reabrir de escolas tranquilo”, tendo endereçado um “agradecimento especial a alunos, pais, professores e auxiliares no trabalho de preparação feito” para que esta realidade fosse possível. O regresso às aulas presenciais, recorde-se, aconteceu no primeiro dia do segundo período de desconfinamento em resultado da pandemia Covid-19, altura em que entraram em vigor um conjunto de novas deliberações do município, nomeadamente, a reabertura de vários cafés e de esplanadas, cujo licenciamento havia sido suspenso a meio de Março, apesar da renovação da situação de alerta de âmbito municipal.

Para além da revogação desta medida, a Comissão de Protecção Civil do Barreiro determinou também que o funcionamento do Balcão Único do município, passa a ser efectuado apenas por atendimento telefónico ou marcação prévia. Ao nível da reabertura dos cemitérios municipais e de acordo com o que está a ser feito por outras autarquias, a câmara informa que “passarão a funcionar por marcação prévia e número máximos de pessoas por período de marcação”. Interdita continua a realização de qualquer celebração de cariz religioso ou evento de culto que implique uma aglomeração de pessoas, incluindo velórios, conforme o disposto na resolução do Conselho de Ministros de 30 de Abril.

O início desta semana ficou igualmente marcado pela reabertura dos clubes, colectividades, associações e demais entidades do movimento associativo, cumprindo as recomendações da Direcção-Geral de Saúde (DGS) “no que diz respeito à higienização e às regras de ocupação, permanência e distanciamento físico”.

Parque da Cidade com estacionamento reaberto

De acordo com a Protecção Civil daquele concelho, mantém-se a interdição do parque de merendas da Mata da Machada, sendo que o Parque da Cidade continua a encerrar às 23 horas, tendo o parque de estacionamento sido reaberto ao público. As normas que entraram em vigor esta segunda-feira, referem ainda “a possibilidade da abertura das lojas com área superior a 400 metros quadrados que tenham porta para a rua”, desde que sejam respeitadas todas as orientações da DGS. Também a higienização e desinfecção dos mercados municipais e dos Transportes Colectivos do Barreiro foram reforçadas.

Mais uma vez, a autarquia barreirense recomenda à sua população que respeite os limites determinados para os espaços que estão abertos ao público e sublinha que “a população deverá manter o afastamento social”.

Comentários

- Pub -