Município do Barreiro e Baía do Tejo lançam desafios a alunos do secundário

38
visualizações

Projecto pretende oferecer competências pessoais e sociais aos jovens

 

- Pub -

Na semana marcada pelo regresso às aulas presenciais, o município do Barreiro, em parceria com o parque empresarial Baía do Tejo, decidiu lançar no último fim-de-semana quatro desafios aos estudantes do ensino secundário, incluindo os que frequentam as aulas dos 10º aos 12º anos de escolaridade, bem como, dos níveis correspondentes do ensino profissional, no âmbito do projecto “Põe-te à prova, participa num dos 4 desafios e habilita-te a ganhar um tablet”.

Até ao final deste mês, os estudantes podem escolher temáticas relacionadas com a gastronomia, geração de ideias, património e sustentabilidade, podendo optar por participar sozinhos ou juntando uma equipa com o máximo de três elementos. A iniciativa, realizada no âmbito do Programa de Empreendedorismo nas escolas, tem como objectivo “oferecer aos nossos jovens e crianças um conjunto de competências pessoais e sociais que os diferenciarão ao longo da sua vida académica e profissional”, afirmou a O SETUBALENSE o vereador Bruno Vitorino, que tutela o Gabinete do Empreendedorismo e Juventude.

Inicialmente, explicou, “estavam previstas duas acções para a apresentação dos trabalhos dos alunos, quer do 1º ciclo, quer do secundário”, contudo, com a actual situação de combate à pandemia Covid-19, “tivemos que reinventar este projeto”. Ao invés dos projetos e ideias de negócio, propostas pelos alunos, atingirem “um momento final presencial onde se iria aferir o grande vencedor, este momento foi convertido em quatro desafios passíveis de serem concluídos à distância, pensando em primeiro lugar nas condições possíveis, tecnológicas e familiares, que permitissem a motivação e o empenho na conclusão dos seus projetos”, acrescentou o vereador.

O autarca considera que o Barreiro “tem muitos jovens com ideias e com uma capacidade incrível para inovar”. Com este programa, aquela câmara pretende ajudar “os jovens e estimularem outros para que possam, também eles, ter todas as condições para vingarem na vida e diferenciarem-se positivamente ao longo do seu percurso”, salientou.

Baía do Tejo associa-se a projecto

O responsável camarário adianta que a administração da Baia do Tejo, desde o inicio, “mostrou interesse e disponibilidade em apoiar e ser parceira este projeto”, tendo em conta que o parque empresarial “tem tido um papel determinante na captação de investimento para o concelho, atraindo empresas para se fixarem no nosso território, gerando postos de trabalho”, acrescentou Bruno Vitorino.

Neste âmbito, a Baía do Tejo “tem criado condições para que empreendedores do concelho possam criar as suas ‘startups’ e desenvolver a sua atividade” e “é com esse espírito que formamos esta parceria”, disse. A seleção das propostas “será feita por um júri constituído por empresários e empreendedores do concelho”, e por representantes da Baía do Tejo e da Câmara do Barreiro. “Nessa avaliação serão tidas em conta a criatividade, inovação, impacto no território e espírito de iniciativa que, aliados ao trabalho de equipa são características importantes a demonstrar pelos participantes”, revelou o responsável. Os prémios serão entregues posteriormente à data do anúncio dos projetos selecionados, prevista para a primeira semana de Junho.

Comentários

- Pub -