16 Janeiro 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Moita Câmara da Moita prepara arranque do corredor urbano da Avenida 1.º de...

Câmara da Moita prepara arranque do corredor urbano da Avenida 1.º de Maio

Município quer integrar ligação pedonal e ciclável até à estação de Alhos Vedros

 

- PUB -

A Câmara da Moita aprovou recentemente, em reunião daquele executivo, a abertura dos concursos públicos referentes às empreitadas de execução da estruturação do corredor urbano da Avenida 1º de Maio, na freguesia da Baixa da Banheira, e da requalificação paisagística do Largo do Descarregador, em Alhos Vedros.
As intervenções em ambos os espaços públicos, fazem parte do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano do município e serão cofinanciadas pelo FEDER, no âmbito da candidatura que foi apresentada por aquela autarquia ao Programa Operacional Regional de Lisboa.
A obra estruturante prevista para a Baixa da Banheira, aprovada por maioria, vai consistir no “perfilhamento da Avenida 1º de Maio, numa extensão de cerca de 1,7 Km, desde a Rotunda das Fontaínhas até ao cruzamento que antecede o viaduto, situado junto à estação ferroviária de Alhos Vedros.
Nesta operação, segundo a câmara municipal, integra-se ainda a “ligação pedonal e ciclável entre a Avenida 1º de Maio” e a estação, através da Rua Henrique Galvão. “A requalificação de passeios e de acessos aos arruamentos adjacentes, bem como a instalação de mobiliário urbano, fazem igualmente parte desta empreitada”, adianta o município, e cujo valor estimado é de um milhão e 927 mil euros.

Largo do Descarregador: obras avançam dentro de cinco meses

Na mesma sessão da autarquia, foi ainda aprovada por unanimidade, a proposta relativa ao projecto paisagístico prevista para o Largo do Descarregador, na freguesia de Alhos Vedros. Considerado um espaço público central daquela localidade, com “funções de apoio às actividades náuticas e de lazer”, o objectivo da intervenção passa pela “sua requalificação”, tal como O SETUBALENSE havia afirmado anteriormente.

- PUB -

Na Assembleia Municipal desta segunda-feira, o presidente da autarquia, Rui Garcia, afirmou que o início dos trabalhos poderá demorar “entre quatro a cinco meses”.
Naquela área do concelho, a autarquia pretende “melhorar a circulação de pessoas” e a sua “aproximação ao rio”, incluindo o ordenamento do estacionamento, bem como o acesso dos reboques das embarcações até ao guincho”. No local, o projecto prevê ainda a criação de um parque infantil e de novas zonas verdes, numa área total de seis mil metros quadrados, com um valor de investimento de cerca de 404 mil euros.

- PUB -

Mais populares

Covid-19 obriga Hospital de Setúbal a activar pela primeira vez nível vermelho de Crise ou Catástrofe

Administração assume em circular normativa que estrutura para atender infectados dá sinais de completa saturação   A administração do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, activou...

Apreendidos mais de 330 quilos de pescado em Sesimbra. Valor ultrapassa 4600 euros

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR, por intermédio do Subdestacamento de Setúbal, apreendeu ontem mais de 300 quilos de pescado, em Sesimbra, numa...

Vandalismo esta madrugada na Aranguês e Tebaida destrói carros e loja

Três viaturas ficaram completamente destruídas pelas chamas que danificaram também a Agência Armindo
- PUB -