5 Março 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Local Moita Centro de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica já acompanhou 335 processos

Centro de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica já acompanhou 335 processos

Município e Rumo recordam importância desta valência e da sua equipa em tempo de pandemia

 

- PUB -

O Centro de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica Barreiro-Moita já acompanhou 335 processos de violência doméstica, realizou 1492 atendimentos, 91 reuniões de parceria e 25 acções de sensibilização, divulgação e informação, segundo os mais recentes dados divulgados pelo executivo do município na sua última reunião.

Em época de confinamento, a Câmara Municipal da Moita e a RUMO – Cooperativa de Solidariedade Social recordam à população a mensagem: “A violência doméstica existe. Não desista, estamos aqui para si”. Uma mensagem transmitida no âmbito da mais recente campanha de sensibilização que tem como objectivo divulgar a actividade do Centro de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica Barreiro-Moita.

Uma resposta social coordenada pela RUMO que “tem desenvolvido a sua actividade no âmbito da promoção da Igualdade, Cidadania e Não Discriminação, Igualdade de Género e combate à Violência de Género, em particular no que respeita à violência doméstica, contra pessoas idosas, contra pessoas com deficiência e/ou incapacidade, nas relações de intimidade entre jovens adolescentes e no namoro”, informa a autarquia em comunicado.

- PUB -

O trabalho desenvolvido assenta em pressupostos fundamentais como “a proximidade e relação entre a equipa e as pessoas, confiança entre as instituições e solidariedade entre os parceiros do Conselho Local de Ação Social (CLASM)”.

Recorde-se que foi o Protocolo de Territorialização da Rede Nacional de Apoio às Vítimas de Violência Doméstica, assinado entre os municípios da Moita e do Barreiro, a Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade e outras entidades com resposta nesta área, que permitiu criar o Centro de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica Barreiro-Moita. Uma resposta social que assinalou, em Novembro de 2020, dois anos de funcionamento.

- PUB -

Mais populares

Joaquim Maia deu a volta à tragédia para ajudar atletas a vencerem na pista

A vida pregou-lhe uma má partida, mas não se deixou vencer. Hoje é treinador e já ajudou a lançar atletas de alta competição     No campo...

CDU vai lançar André Martins à presidência da Câmara Municipal de Setúbal

A CDU vai avançar com André Martins como candidato à presidência da Câmara Municipal de Setúbal nas autárquicas deste ano. O nome do actual...

Bombeiros em “guerra de tronos” ameaçam direcção com paralisação de serviços

Direcção já acertou tudo com antigo chefe dos bombeiros do Barreiro para assumir o cargo. Mas o corpo activo do Montijo quer Luís Silva   A...
- PUB -