Obras somam-se e seguem por todo o concelho

39
visualizações

Piscina do Pinhal Novo vai ganhar eficiência energética. Empreitada em concurso por mais de meio milhão de euros

 

- Pub -

 

Apesar da actual conjuntura, a Câmara Municipal não tem abrandado nos investimentos. As obras somam-se e seguem no concelho e, uma das mais recentes, cujo concurso público acaba de ser lançado por 517 mil e 320 euros diz respeito ao reforço da eficiência energética da Piscina Municipal do Pinhal Novo.

A empreitada “visa melhorar a eficiência energética daquele equipamento municipal, incluindo a instalação de painéis fotovoltaicos para auto-consumo, a instalação de cobertura térmica motorizada sobre os dois planos de água, para reduzir as perdas de calor, a renovação do equipamento de climatização e de qualidade do ar e o ensombramento da fachada poente”, explica o município. “Atingir uma redução anual de 37,6% no consumo de energia primária e de 31% no consumo de energia final, já a partir de 2021”, bem como uma diminuição “de 37% nas emissões de dióxido de carbono” é o objectivo da Câmara Municipal para a Piscina do Pinhal Novo.

Ao mesmo tempo, realça a edilidade, “a redução nas emissões de gases com efeito de estufa e a opção por fontes de energia renováveis representam um contributo energético e ambiental muito relevante”. O que permitiu que a obra seja co-financiada pelo Portugal 2020.

Recentemente, recorde-se, o município avançou com um conjunto de projectos e obras – em curso, em conclusão ou a lançar – na freguesia da Quinta do Anjo que ultrapassou os seis milhões de euros. Outra das empreitadas já lançadas a concurso, por mais de 658 mil euros, foi a drenagem de águas residuais domésticas para Cajados.

Entretanto, já adjudicado, por 9 225 euros, foi o projecto de execução para a requalificação do Jardim Ferreira da Costa, em Venda do Alcaide. “A obra pretende conjugar e qualificar as valências de equipamento desportivo e de espaço de jogo e recreio e melhorar as condições de estada e de encontro de gerações. Inclui a criação de um percurso pedonal e ciclável, a instalação de novo equipamento e mobiliário urbano e a reformulação do parqueamento automóvel, prevendo, desde já, o carregamento de veículos eléctricos”, anunciou ontem a autarquia.

Comentários

- Pub -