Obra da Estrada dos Quatro Castelos a concurso por mais de 1,5 milhões de euros

38
visualizações

Obra permitirá concluir “um corredor pedonal e ciclável entre Cabanas e Quinta do Conde (Sesimbra)”

 

- Pub -

A Câmara Municipal de Palmela decidiu lançar a concurso por mais de 1,5 milhões a 2.a fase da obra de beneficiação da Estrada dos Quatro Castelos.

A proposta para abertura de concurso público da empreitada, no âmbito da HUB 10 – Plataforma Humanizada de Conexão Territorial”, foi aprovada na reunião de câmara de quarta-feira passada, por unanimidade, com o preço base de 1.439.546,48 milhões de euros +IVA.

Em comunicado, o município lembra que “tinha já visto aprovada a candidatura” da obra ao POR Lisboa 2020, com “valor global elegível de 1.562.588,61 euros, cofinanciamento FEDER de 50% e inscrita no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano – Plano de Acção de Mobilidade Urbana Sustentável (PEDU-PAMUS)”.

Ao mesmo tempo, a autarquia sublinha que dá assim “continuidade às obras de reabilitação da importante via, em Quinta do Anjo”.

Esta segunda fase da empreitada “abrange os troços nascente e sul da Estrada dos Quatro Castelos, numa extensão de mais de 4 quilómetros”. Inclui “o reperfilamento da faixa de rodagem, um novo enquadramento paisagístico, a criação de uma via para peões e ciclistas e de caixas e abrigos para transportes públicos rodoviários”. A intervenção permitirá criar “um interface em torno da EN10 e das estações ferroviárias de Penalva e Coina” e concluir “um corredor pedonal e ciclável contínuo entre Cabanas e Quinta do Conde (Sesimbra), aliado a melhores condições de segurança viária”.
O “HUB 10 – Plataforma Humanizada de Conexão Territorial”, recorde-se, é um projecto intermunicipal, que envolve os municípios de Palmela, Setúbal e Sesimbra.

Comentários

- Pub -