19 Janeiro 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Local Palmela St. Peter’s: Investimento de 4,6 milhões abre a porta a mais de...

St. Peter’s: Investimento de 4,6 milhões abre a porta a mais de 200 alunos

Novo edifício projectado para Setembro de 2021 permitirá também ao colégio ter alunos em regime de internato

Nas actuais instalações, na Volta da Pedra, Palmela, desde 1999, o trajecto do St. Peter’s International School tem sido marcado por um rumo ascendente, desde o início da sua actividade.

- PUB -

Diogo Simão, Administrador do Colégio, refere ao jornal O SETUBALENSE que o crescimento tem vindo a ser “constante, na ordem dos 8% ao ano”.

“Uma tendência que queremos manter” e, por isso, revela, que “vamos fazer um investimento de 4,6 milhões de euros num novo edifício que estará pronto em Setembro de 2021”. Trata-se, realça, “de uma unidade que irá servir um acréscimo de 225 alunos, com refeitório e também nos permitirá avançar com o regime de Internato. Com este investimento a capacidade de resposta do colégio fica reforçada e não prevemos mais nenhuma alteração na nossa estrutura física nos próximos4/5 anos”.

O colégio, sediado em Palmela, é uma referência a nível nacional e internacional. A prova da qualidade do seu ensino é demonstrada pela presença no top 10 do Ensino Secundário (entre outros colégios privados, em Lisboa) e no top 25 do Ensino Básico, no ranking nacional de escolas do Ministério da Educação.

- PUB -

Os números falam por si. No total tem, actualmente, 1415 alunos com previsão de, em Janeiro, chegar aos 1433, 139 professores e mais de uma centena de profissionais entre auxiliares, administrativos e pessoal afecto ao refeitório. O colégio tem ainda, desde há dois anos, o serviço de creche, totalmente inovador, a funcionar numa área com capacidade para 50 crianças.

O St. Peter’s International School, com uma localização privilegiada, perto dos acessos à auto-estrada consegue captar alunos na Grande Lisboa (15%), através de um sistema próprio de transportes eficaz (dois autocarros por dia), mas também da Margem Sul, Porto Alto, Setúbal e Alcácer do Sal (85%).

Diogo Simão considera que os números atingidos, actualmente, se devem a uma evolução e a um trabalho contínuo. “Nos últimos 15 anos, o colégio tem vindo a ser confrontado com novos desafios. Em meados de 2005 a aposta incidiu no ensino secundário, depois a creche, que nos permite começar a acompanhar os nossos alunos bem cedo até ao secundário. Agora, teremos o internato projectado para 2021”.

- PUB -

Para o administrador do colégio, as ideias principais que nortearam a génese deste projecto mantêm-se intactas. “Temos como missão e valores pugnarmos por uma escola inclusiva. Não fazemos qualquer tipo de exclusão à partida, que tem nos seus recursos humanos o seu grande capital”.

Diogo Simão recusa por isso, liminarmente, o termo elitista e explica porquê. “Temos muitas famílias que fazem um grande esforço para ter aqui os seus filhos. Uma escola não é elitista por ser cara, é bom perceber isto. Ao longo dos anos temos tido bons exemplos, resultado do trabalho que fazemos, quer na via académica quer na via desportiva. O rótulo de elitista é demasiado redutor em função do trabalho que apresentamos quer ao nível académico, quer ao nível desportivo. É por isso que as famílias nos procuram”.

O grande objectivo no curto prazo é o investimento num novo edifício para alargar a capacidade de oferta da escola e avançar com o internato. Todavia, este investimento tem em vista também outros horizontes, como revela Diogo Simão. “Vamos capitalizar a escola com mais alunos e incrementar cada vez mais o projecto de internacionalização da escola. Neste momento a base é o ensino nacional, com o currículo do ensino português. O objectivo final é também darmos cobertura total ao currículo internacional desde 6 anos até ao secundário com os suportes dos currículos de Cambridge e IBO.

As Actividades Extracurriculares têm vindo, ao longo da vida do colégio, a assumir uma importância “cada vez mais marcante na formação integral e eclética dos nossos alunos. Desenhadas de modo a irem ao encontro das suas expectativas, estas actividades oferecem “experiências desafiantes, libertadores e catárticas, desenvolvidas num ambiente positivo e desafiante, concorrendo para o desenvolvimento da criatividade, da sensibilidade artística, da perseverança e da disciplina mental. Estamos em crer, ainda, que estas actividades favorecem a expressão plena dos afectos e das emoções, a confiança e a auto-estima, configurando-se como uma estratégia eficaz para prevenção de comportamentos desviantes. É com base neste pressuposto que desenhamos, anualmente, modelos de planeamento, gestão e operacionalização destas actividades. Fundámos uma academia desportiva, a St. Peter’s Sports Academy, a qual contempla o desenvolvimento das actividades das escolas de Rugby, Futebol, Voleibol e Natação (só possíveis à construção de um campo de relva sintética e de polidesportivo coberto de última geração); da escola de Ténis e do alargamento do espectro de actividades expressão artística e musical».

Apesar das subidas verificadas este ano, nas médias de Acesso ao Ensino Superior, a nível nacional, cerca de 85% dos alunos que concluíram o Ensino Secundário no St. Peter’s International School ingressaram na 1.ª fase, nas suas duas primeiras opções.

A média mais elevada obtida por um aluno do ensino secundário foi de 19,2 valores, sendo que seis dos alunos do 12.º ano foram distinguidos com “Quadros de Honra” pelo excelente desempenho académico, com média de 19 valores.

Nova oferta abre portas a um novo mundo

O novo internato receberá alunos com idades compreendidas entre os 14 e os 18 anos, dotando-os de ferramentas essenciais para a construção de um futuro de sucesso.

Considerando Portugal um dos países mais seguros do mundo e com um clima que chama a atenção de todos, o país tem recebido nos últimos anos, muitas famílias de todo o mundo. “O Colégio St. Peter’s International School tem orgulho de fazer parte da resposta para essas famílias. Com um ambiente bilingue, com possibilidade de fazer um currículo internacional, com um modelo pedagógico diferenciador e único, torna o colégio um lugar acolhedor que muitas famílias chamam de lar”.

A educação progride, e nós também. Estamos prontos para anunciar o nosso novo edifício que irá dar início de uma nova aventura, onde o Colégio e as famílias se irão juntar de mãos dadas, para proporcionar aos seus filhos um futuro. Instalações confortáveis, profissionais formados, com um campus moderno e seguro, onde os nossos alunos se sentirão como nas suas próprias casas”.

- PUB -

Mais populares

Secundária Sebastião da Gama suspende aulas presenciais para alunos mais velhos até dia 26

Sete funcionários da escola em isolamento profiláctico obriga a alunos dos 11.º, 12.º e ensino nocturno a terem aulas em casa   Os alunos dos 11.º...

Apreendidos mais de 330 quilos de pescado em Sesimbra. Valor ultrapassa 4600 euros

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR, por intermédio do Subdestacamento de Setúbal, apreendeu ontem mais de 300 quilos de pescado, em Sesimbra, numa...

Dois doentes com Covid transferidos do S. Bernardo para o Hospital das Forças Armadas

Polo de Lisboa da unidade hospitalar militar recebeu ontem 10 doentes infectados. Dois chegaram do hospital de Setúbal   O Hospital São Bernardo, em Setúbal, transferiu...
- PUB -