Seixal oferece duas ambulâncias aos bombeiros do concelho para reforçar campanha contra a pandemia

21
visualizações

Presidente da Câmara diz que deveria ser o Governo a assumir o reforço aos bombeiros, nessa falta é a autarquia que avança

- Pub -

 

A Associação Humanitária de Bombeiros Mistos do Concelho do Seixal e a Associação Humanitária de Bombeiros Mistos de Amora vão receber uma comparticipação financeira para aquisição de uma ambulância para cada corporação.

A decisão desta verba foi aprovada ontem, em do reunião de Câmara do Seixal, sendo estes equipamentos para reforçar a capacidade operacional dos bombeiros do concelho na situação provocada pela Covid-19.

“Estas duas ambulâncias vão reforçar a capacidade de resposta destas associações, cujo trabalho dos seus profissionais tem sido fundamental no socorro à população”, comenta o presidente da Capara do Seixal.

Acrescenta Joaquim Santos que “dotar as associações de bombeiros de veículos operacionais é uma competência do Governo, que não tem cumprido as suas obrigações, pelo que a Câmara Municipal do Seixal decidiu assumir mais esta comparticipação, tendo em conta que irá beneficiar os munícipes do concelho”.

Na mesma reunião foi também aprovado um contracto de comodato com a Casa do Educador do Concelho do Seixal, com o objectivo de cedência do terreno para a instalação da Universidade Sénior do Seixal. Para o efeito, a Câmara Municipal do Seixal adquiriu o edifício do Grémio do Fogueteiro, que será reabilitado.

O executivo e vereadores não executivos decidiram ainda renovar a adesão ao Pacto de Autarcas para o Clima e a Energia que estabelece a redução de CO2 em 40% até 2030. O concelho do Seixal até 2018 já tinha reduzido em 35,2%, tendo 2007 como ano de referência.

Foi também aprovado um contrato-programa com a Associação Náutica do Seixal, no valor de 25 200,00 euros para apoio ao desenvolvimento da náutica de recreio, bem como à promoção da Rota Barcos do Tejo, e uma comparticipação financeira no valor de 51 296,80 euros ao Independente Futebol Clube Torrense, no âmbito do apoio ao movimento associativo cultural.

Por sua vez vai ser celebrado um contrato-programa com o Centro Cultural e Recreativo do Alto do Moinho, no valor de 61 200,00 euros, no âmbito da gestão e utilização do Pavilhão Municipal do Alto do Moinho.

Comentários

- Pub -