9 Março 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Local Seixal Tribunal inicia julgamento de autores de tiroteio no Seixal por mesa em marisqueira

Tribunal inicia julgamento de autores de tiroteio no Seixal por mesa em marisqueira

Dias depois de uma troca de agressões, os acusados dispararam para um prédio

 

- PUB -

Os nove homens que dispararam indiscriminadamente na rua, em Paio Pires, em vingança contra o proprietário de uma marisqueira onde se envolveram em conflitos em Agosto do ano passado, começaram a ser julgados esta terça feira no Tribunal de Almada.

Estão acusados de homicídio qualificado tentado, ofensa à integridade física qualificada, detenção de arma proibida e dano agravado.

A rixa que deu origem ao tiroteio ocorreu a 23 de Agosto. Os arguidos discutiram numa marisqueira em Paio Pires com o proprietário por causa de uma mesa. A discussão escalou, houve trocas de agressões, mesas e cadeiras atiradas e quatro dias depois, os arguidos, munidos de armas de fogo, ripostaram. Deslocaram-se a um prédio na Rua Professor Egas Moniz, em Paio Pires, com o intuito de matar o proprietário do estabelecimento que lá morava.

- PUB -

Ali chegados, dispararam na direção das janelas do prédio onde este residia e atingiram quatro frações onde se encontravam os seus habitantes, que não foram atingidos. Os disparos provocaram vários danos nas habitações, bem como numa viatura automóvel que se encontrava estacionada no local.

Os suspeitos puseram-se em fuga numa carrinha e viriam a ser localizados e detidos no início de Outubro, no Seixal. A operação da Polícia Judiciária de Setúbal contou com o auxílio do Comando Territorial de Setúbal e da Unidade de Intervenção da GNR que realizaram cerca de 20 buscas em casas e carros. A PJ apreendeu diverso material relacionado com o tiroteio, entre os quais as roupas que os suspeitos utilizaram nesse dia e munições.

 

- PUB -

Mais populares

Bombeiros em “guerra de tronos” ameaçam direcção com paralisação de serviços

Direcção já acertou tudo com antigo chefe dos bombeiros do Barreiro para assumir o cargo. Mas o corpo activo do Montijo quer Luís Silva   A...

ANAC recusa-se a fazer apreciação ao aeroporto do Montijo sem parecer favorável de todos os municípios

A Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) não vai fazer apreciação prévia de viabilidade para efeitos de construção do Aeroporto Complementar no Montijo, solicitada...

Joaquim Maia deu a volta à tragédia para ajudar atletas a vencerem na pista

A vida pregou-lhe uma má partida, mas não se deixou vencer. Hoje é treinador e já ajudou a lançar atletas de alta competição     No campo...
- PUB -