27 Fevereiro 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Sesimbra Assembleia de Freguesia da Quinta do Conde aprova Orçamento com foco nos...

Assembleia de Freguesia da Quinta do Conde aprova Orçamento com foco nos apoios sociais

Mais de meio milhão de euros vai permitir dotar a autarquia de meios para responder aos desafios actuais

 

- PUB -

A Assembleia de Freguesia da Quinta do Conde reuniu na passada sexta-feira para aprovar a proposta de Plano de Actividades e Orçamento de Junta para o ano que vem. O valor total ultrapassa o meio milhão de euros e vai permitir à autarquia responder aos desafios que a conjuntura actual trouxe à Quinta do Conde.

Para Vítor Antunes, presidente da freguesia quintacondense, “os documentos que estabelecem a orientação da Junta em 2021, nos múltiplos domínios em que a sua intervenção se manifesta, tendem objectivamente a responder aos anseios e necessidades da população, acentuadas pela complexidade que o actual quadro sanitário e a consequente crise económica e social que lhe está inerente”.

Nas suas palavras, “numa época em que se observa um decréscimo de receitas próprias, por via dos constrangimentos impostos por este cenário, optámos pela manutenção do valor dos apoios atribuídos em 2020, ao movimento associativo e aos demais agentes sociais da freguesia”, dando-lhes, desta forma, “a garantia de que não obstante os efeitos da crise podem contar com a autarquia para a manutenção da sua actividade”.

- PUB -

Para além dos apoios, mantém-se ainda a intenção e vontade de realizar, quando for tempo, as actividades inicialmente previstas para este ano. O presidente da freguesia da Quinta do Conde explicou ainda que “no Plano de Actividades devem ser inscritas todas as iniciativas previstas para este ano, mas que não puderam ser realizadas, e todas aquelas que se nos afiguram passíveis de concretização logo que se verifique uma alteração do quadro sanitário com que nos temos debatido nos últimos meses”.

Na sessão, realizada nas instalações do Centro Cultural Social e Recreativo A Voz do Alentejo, foram aprovados três votos de pesar pelo falecimento dos associativistas e ex-autarcas Afonso Esteves e Dinis Basílio, “destacadas figuras do movimento associativo local”, e do arquitecto Gonçalo Ribeiro Telles. Vítor Antunes aproveitou também o momento para recordar o desaparecimento recente de João Ferreira, dono de um percurso de defesa dos valores da Quinta do Conde.

Do encontro resultaram ainda a aprovação de uma moção a contestar o aumento da taxa de resíduos urbanos, decretada recentemente pelo Governo; de uma recomendação sobre a campanha promovida pelas autarquias do concelho para estimular as compras de Natal no comércio local e ainda de uma moção para reclamar o reforço das funções sociais do Estado em diferentes domínios.

Artigo anteriorUma semana negra
Próximo artigoDo sexismo
- PUB -

Mais populares

Morto a tiro em festa na encosta da Bela Vista

Um homem com cerca de 30 anos morreu este domingo baleado com dois tiros numa festa ilegal que decorria na encosta da Bela Vista,...

Várzea veio colmatar necessidade de antecipar o fecho da estação na 5 de Outubro

TST explica que antiga estação apresentava alguns problemas, inclusive ao nível da logística nos serviços   A empresa Transportes Sul do Tejo (TST) inaugurou há cerca...

Dores Meira acusa PS de falsear realidade sobre estacionamento pago na cidade

Dores Meira não poupa criticas às razões que o PS tem alegado. E aponta-lhe os casos de Lisboa e Almada   O estacionamento pago na cidade...
- PUB -