9 Março 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Local Sesimbra João Ferreira diz que Presidente tem mecanismos para responder aos problemas da...

João Ferreira diz que Presidente tem mecanismos para responder aos problemas da pesca

O candidato à Presidência da República apoiado pelo PCP afirmou hoje em Sesimbra que a Constituição da República, que o Presidente da República jura cumprir e fazer cumprir, dispõe de mecanismos para responder aos problemas do setor das pescas.

- PUB -

“Se olharmos para os problemas sentidos por este setor, para os problemas dos pescadores, dos pequenos armadores, encontramos nestas disposições fundamentais da nossa Constituição – trabalho, segurança social, produção nacional, soberania alimentar, práticas concorrenciais justas -, encontramos a resposta para muitos daqueles problemas que hoje são sentidos por este setor”, disse João Ferreira.

“Daí a importância de termos na Presidência da República, ao contrário do que tem acontecido até hoje, alguém que não apenas conheça a realidade do setor, mas que saiba usar esse instrumento fundamental que é a Constituição da República para, defendendo-a, cumprindo-a e fazendo-a cumprir, assegurar esta possibilidade de resposta a problemas e dificuldades sentidas pelo setor”, acrescentou o candidato comunista à Presidência da República durante uma visita ao porto de pesca de Sesimbra.

Dirigindo-se a um grupo de apoiantes e pescadores de Sesimbra, João Ferreira disse conhecer bem a realidade dos homens do mar, do trabalho duro que realizam e que é, muitas vezes, pago de forma incerta, salientando ainda as dificuldades por que passam os pescadores nos períodos em que não podem trabalhar.

- PUB -

João Ferreira disse ainda que “os portugueses não pagam [o peixe] barato, mas lembrou também que os pescadores são “o elo mais fraco da cadeia de valor” do pescado.

“Sabemos como é injusta a distribuição da cadeia de valor da pesca, como o primeiro elo desta cadeia pescadora é tão prejudicado nessa distribuição. Sabemos das dificuldades que o setor sentiu, em cima de todas as outras, agora durante esta pandemia”, disse.

“Conhecemos tudo isto e queremos, a partir do que é a função, do que são os poderes do Presidente da República, dizer-vos que ele não se pode alhear destas realidades. O Presidente da República não é Governo, mas tem uma missão fundamental quando exerce os seus poderes: garantir que a Constituição – que ele jura defender, cumprir e fazer cumprir – é defendida, cumprida, e que ele tudo faz para que ela seja cumprida”, concluiu o candidato à Presidência da República, apoiado pelo PCP.

- PUB -

Lusa

- PUB -

Mais populares

Bombeiros em “guerra de tronos” ameaçam direcção com paralisação de serviços

Direcção já acertou tudo com antigo chefe dos bombeiros do Barreiro para assumir o cargo. Mas o corpo activo do Montijo quer Luís Silva   A...

Joaquim Maia deu a volta à tragédia para ajudar atletas a vencerem na pista

A vida pregou-lhe uma má partida, mas não se deixou vencer. Hoje é treinador e já ajudou a lançar atletas de alta competição     No campo...

ANAC recusa-se a fazer apreciação ao aeroporto do Montijo sem parecer favorável de todos os municípios

A Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) não vai fazer apreciação prévia de viabilidade para efeitos de construção do Aeroporto Complementar no Montijo, solicitada...
- PUB -