8 Março 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Local Sesimbra Quinta do Conde cria mais locais de voto para maior proximidade aos...

Quinta do Conde cria mais locais de voto para maior proximidade aos eleitores

Este ano, “é mais fácil votar na Quinta do Conde”

 

- PUB -

No próximo domingo, o país vai a votos e na Quinta do Conde o aumento do número de postos permite que os mais de 23 mil eleitores da freguesia exerçam o direito de voto mais próximo da sua residência.

Com o objectivo de combater a abstenção e tornar mais fácil o acesso dos cidadãos eleitores às mesas de voto, a Junta de Freguesia da Quinta do Conde criou três novos locais de voto, apostando sobretudo na proximidade geográfica dos mesmos. A cada bairro corresponde agora um posto de recenseamento. Assim, para além dos postos C, G e H, que concentravam as 20 mesas de voto da freguesia, foram criados os postos A, B e D. Na prática, continuam a existir 20 mesas, mas serão assim redistribuídas por seis postos.

“Vimos no problema uma oportunidade para a criação de mais locais de voto. Podemos afirmar que a criação destes novos locais de voto aproxima fisicamente os eleitores da mesa de voto e esse era o nosso principal objectivo”, refere Vítor Antunes a O SETUBALENSE sobre a importância do aumento de postos para votação. “O acelerado crescimento demográfico da Quinta do Conde acrescentou grande panóplia de problemas de natureza diversa, cuja resolução não era apenas necessária mas também urgente”, continua, acrescentando que “procurámos uma solução a pensar no futuro e, se desta vez tivemos que ‘mexer’ na quase totalidade dos mais de 23 mil eleitores da Quinta do Conde, estamos cientes de que próximas intervenções, que o crescimento demográfico certamente aconselhará, serão mais fáceis porque incidirão em números muito menores”. Neste sentido, Vítor Antunes explica que “se pensarmos em subdividir a Boa Água, ‘mexemos’ apenas nos leitores do Posto H e o Posto B, do Conde 2, neste momento aquele que mais eleitores tem, pode ter mesas em locais distintos mas sempre no mesmo bairro, evitando assim percursos longos da residência ao local de voto”.

- PUB -

Nas palavras do autarca, “a eliminação do número de eleitor produziu, conforme se esperava, inconvenientes junto dos casais que antes votavam juntos na mesma secção de voto, por terem números sequenciais, e depois ficaram separados por o nome começar por letra diferente”. Em tom de exemplo, diz ainda “que o Posto G estava desdobrado em dois locais distantes, ambos já com muitas mesas, criando dificuldades de estacionamento aos eleitores e aos membros das respectivas mesas”.

A criação de mais postos em território quintacondense, que é também “um contributo para reduzir a abstenção no concelho”, partiu da Junta de Freguesia que, em parceria com a Câmara Municipal de Sesimbra, “fizeram tudo o que estava ao seu alcance para que os eleitores pudessem votar mais próximo da sua residência”.

Onde votar?

Quem reside no Conde 1, vota no Conde 1:
Posto G, Escola EB n.º3 – Rua Ivone Silva.

- PUB -

Quem reside no Conde 2, vota no Conde 2:
Posto B, Escola Básica n.º2 – Novo Pólo – Rua António Sérgio.

Quem reside no Conde 3, vota no Conde 3:
Posto D, Junta de Freguesia – Avenida Cova dos Vidros.

Quem reside no Pinhal do General, vota no Pinhal do General:
Posto A, Escola Básica do Pinhal do General – Rua Cidade de Leiria.

Quem reside na Boa Água, vota na Boa Água:
Posto H, Escola Básica da Boa Água – Rua Serra d’Aire

Quem reside no Casal do Sapo ou Fontainhas, vota no Casal do Sapo:
Posto C, Escola Básica das Fontainhas/Casal do Sapo.

- PUB -

Mais populares

Bombeiros em “guerra de tronos” ameaçam direcção com paralisação de serviços

Direcção já acertou tudo com antigo chefe dos bombeiros do Barreiro para assumir o cargo. Mas o corpo activo do Montijo quer Luís Silva   A...

Joaquim Maia deu a volta à tragédia para ajudar atletas a vencerem na pista

A vida pregou-lhe uma má partida, mas não se deixou vencer. Hoje é treinador e já ajudou a lançar atletas de alta competição     No campo...

ANAC recusa-se a fazer apreciação ao aeroporto do Montijo sem parecer favorável de todos os municípios

A Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) não vai fazer apreciação prévia de viabilidade para efeitos de construção do Aeroporto Complementar no Montijo, solicitada...
- PUB -