7 Março 2021, Domingo
- PUB -
Início Local Setúbal Navio da Marinha com o nome de Setúbal é baptizado amanhã

Navio da Marinha com o nome de Setúbal é baptizado amanhã

Custou 60 milhões de euros e vai ser comandado por Rui Zambujo Madeira

 

- PUB -

O mais recente navio de patrulha oceânico a integrar o quarteto de embarcações que vieram substituir as corvetas da Marinha com mais de 40 anos tem o nome de NRP Setúbal e vai ser baptizado já amanhã nos estaleiros da West Sea, em Viana do Castelo, em cerimónia presidida pelo ministro da Defesa, João Gomes Cravinho. A cerimónia terá lugar a partir das 10h15 e contará ainda com a presença, entre outras entidades, do Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante António Mendes Calado, sendo que a embarcação terá como madrinha a Dra. Jessica Rachel Hallett, anunciou a Marinha.

Recorde-se que o NRP Setúbal, como é designado, foi entregue à Marinha Portuguesa, no passado dia 28 de Dezembro, em cerimónia presidida pelo Almirante António Mendes Calado, nos estaleiros da West Sea, perante uma guarnição de 44 elementos. Este “é o quarto da classe ‘Viana do Castelo’, todos construídos em Portugal”, revelou então a Marinha, salientando que o navio iria ser submetido a uma bateria de testes antes de entrar oficialmente ao serviço a partir deste mês.

O navio é comandado pelo comandante Rui Zambujo Madeira, mergulhador de especialização, 42 anos, natural de Lisboa, que ingressou na Marinha em 1994. Torna-se assim o segundo a apresentar denominação da região, já que vem juntar-se ao NRP Sines – entregue à Marinha em Julho último numa cerimónia presidida pelo primeiro-ministro António Costa –, completando juntamente com o NRP Viana do Castelo e o NRP Figueira da Foz o lote de quatro actualmente no activo. Cada um destes quatro navios de patrulha custou 60 milhões de euros e demorou cerca de dois anos a construir.

- PUB -

Este “é o quarto da classe ‘Viana do Castelo’, todos construídos em Portugal”, revelou a Marinha quando recebeu a embarcação, salientando que o navio iria ser submetido a uma bateria de testes antes de entrar oficialmente ao serviço a partir deste mês.

- PUB -

Mais populares

Bombeiros em “guerra de tronos” ameaçam direcção com paralisação de serviços

Direcção já acertou tudo com antigo chefe dos bombeiros do Barreiro para assumir o cargo. Mas o corpo activo do Montijo quer Luís Silva   A...

Joaquim Maia deu a volta à tragédia para ajudar atletas a vencerem na pista

A vida pregou-lhe uma má partida, mas não se deixou vencer. Hoje é treinador e já ajudou a lançar atletas de alta competição     No campo...

ANAC recusa-se a fazer apreciação ao aeroporto do Montijo sem parecer favorável de todos os municípios

A Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) não vai fazer apreciação prévia de viabilidade para efeitos de construção do Aeroporto Complementar no Montijo, solicitada...
- PUB -