28 Fevereiro 2021, Domingo
- PUB -
Início Local Setúbal Município tem 637 pedidos de casas

Município tem 637 pedidos de casas

De acordo com o Regulamento de Acesso e Atribuição de Habitação Municipal foi publicada uma listagem com 637 candidaturas validadas. Um número excepcionalmente elevado

 

- PUB -

 

A Câmara Municipal de Setúbal tem disponível para consulta a classificação de candidaturas apresentadas e validadas para atribuição de habitação municipal, no âmbito do Regime do Arrendamento Apoiado.

As listagens publicadas são constituídas por 637 candidaturas validadas, das quais 228 destinam-se a habitações de tipologia T1; 254 candidaturas validadas, a tipologia T2; 136 candidaturas a tipologia T3; e 19 para T4. Um volume de candidaturas excepcionalmente elevado, perante o reduzido número de habitações públicas com probabilidade de ficarem disponíveis no município de Setúbal.

- PUB -

Quanto às classificações e respectiva atribuição estão disponíveis para consulta no Posto de Atendimento do Edifício Sado, Rua Acácio Barradas, e em www.mun-setubal.pt, na área Habitação, ordenadas pelo número de candidatura, com indicação da pontuação respectiva e da posição na ordem de atribuição de fogos, de acordo com as tipologias existentes no património municipal.

As listagens estão sujeitas a actualização permanente pela Divisão de Habitação Pública Municipal em função de novas candidaturas que sejam, entretanto, validadas e de atribuições de habitações que sejam realizadas em cada momento.

Em caso de empate na classificação de candidaturas, de acordo com o Regulamento de Acesso e Atribuição de Habitação Municipal são averiguados quatro critérios de prioridade.

- PUB -

O primeiro dos quais baseado em famílias com um ou mais elementos com estatuto de vítima de violência doméstica e necessidade de afastamento do agressor.

O critério seguinte incide sobre famílias com um ou mais elementos deficientes. Quanto ao terceiro critério prioriza casos de famílias monoparentais com filhos menores de idade. O quarto critério destaca agregados com um ou mais elementos com idade superior a 65 anos.

Para famílias com pessoas com mobilidade reduzida são atribuídas habitações de piso térreo e com configuração adequada à dimensão familiar, garantindo a mobilidade necessária.

O regulamento municipal contempla, também, a possibilidade de que habitações que tenham ficado disponíveis sejam atribuídas mediante decisão superior e em que as famílias candidatas se encontrem em situação de necessidade habitacional urgente por motivo de catástrofes, calamidades, incêndios ou outras situações de vulnerabilidade, emergência social e perigo físico ou moral.

Também são elegíveis para a atribuição de habitações agregados com necessidade de alojamento por operações urbanísticas, de reabilitação urbana ou outras situações impostas pela legislação em vigor ou, ainda, por inadequação da habitação a concurso ao agregado familiar mais pontuado para essa tipologia, por condições supervenientes e que fundamentem a elegibilidade de outra família classificada para a mesma tipologia.

- PUB -

Mais populares

Várzea veio colmatar necessidade de antecipar o fecho da estação na 5 de Outubro

TST explica que antiga estação apresentava alguns problemas, inclusive ao nível da logística nos serviços   A empresa Transportes Sul do Tejo (TST) inaugurou há cerca...

Dores Meira acusa PS de falsear realidade sobre estacionamento pago na cidade

Dores Meira não poupa criticas às razões que o PS tem alegado. E aponta-lhe os casos de Lisboa e Almada   O estacionamento pago na cidade...

Morto a tiro em festa na encosta da Bela Vista

Um homem com cerca de 30 anos morreu este domingo baleado com dois tiros numa festa ilegal que decorria na encosta da Bela Vista,...
- PUB -