4 Março 2021, Quinta-feira
- PUB -
Início Local Setúbal Apoio do Centro Cívico ainda não chega à totalidade da população

Apoio do Centro Cívico ainda não chega à totalidade da população

Do isolamento à falta de condições económicas, muitos são os factores que ainda afastam a população sénior de uma inclusão plena

 

- PUB -

O Centro Cívico de Gâmbia, Pontes e Alto da Guerra está em funções desde 2008 com apoio domiciliário e centro de dia. Neste momento, por acordo estabelecido com a Segurança Social, presta apoio a 13 utentes em centro de dia e 32 em apoio domiciliário. No entanto, a instituição tem capacidade para receber 40 utentes em serviço de apoio domiciliário e 39 em centro de dia.

No parecer de Marlene Caetano, directora técnica do centro, esta situação deve-se a uma resposta total “insuficiente” por parte da Segurança Social, “que deveria ter condições para financiar a totalidade destes apoios”. Sendo esse o motivo pelo qual “muitas pessoas não estão integradas neste centro, por falta de condições financeiras”, uma vez que a Segurança Social não financia a totalidade do apoio.

Para Marlene Caetano é necessário pensar na “amplitude da freguesia, tendo em conta que o seu território tem uma população dispersa, com idade avançada, afastada do centro da cidade”. Contexto que coloca as carências sociais dentro da freguesia como “prioritárias” refere.

- PUB -

Para além do trabalho desenvolvido junto da população sénior através do Centro Cívico, a Associação de Solidariedade Social da Freguesia de Gâmbia – Pontes – Alto da Guerra também intervêm na distribuição de cabazes alimentares, dentro da rede do Banco Alimentar Contra a Fome. “Um apoio prestado a 20 famílias da freguesia e alguns já fora do concelho de Palmela”.

A resposta social ideal, segundo Marlene Caetano, passaria por “criar condições de financiamento dos serviços domiciliários e centro de dia, para que a totalidade da população tivesse acesso a estes recursos. Essa seria forma mais activa de combater o isolamento, a falta de assistência e conquistar, sim, uma inclusão plena”.

- PUB -

Mais populares

CDU vai lançar André Martins à presidência da Câmara Municipal de Setúbal

A CDU vai avançar com André Martins como candidato à presidência da Câmara Municipal de Setúbal nas autárquicas deste ano. O nome do actual...

Incêndio destrói cozinha de habitação na Avenida Bento Gonçalves

Um incêndio deflagrou hoje numa habitação situada na Avenida Bento Gonçalves, em Setúbal, tendo provocado a destruição completa da respectiva cozinha, uma vez que...

Joaquim Maia deu a volta à tragédia para ajudar atletas a vencerem na pista

A vida pregou-lhe uma má partida, mas não se deixou vencer. Hoje é treinador e já ajudou a lançar atletas de alta competição     No campo...
- PUB -