6 Março 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Setúbal Vereação aprova 50 mil euros para as escolas do concelho

Vereação aprova 50 mil euros para as escolas do concelho

A autarquia de Setúbal aponta o desgaste rápido de equipamentos das escolas do 1.º ciclo e aprovou em sessão de Câmara um pacote financeiro para os agrupamentos

 

- PUB -

Os agrupamentos de escolas do concelho de Setúbal vão ser apoiados financeiramente pela autarquia para aquisição de material de desgaste e despesas de funcionamento. A proposta foi apresentada, e aprovada, na passada quarta-feira, em sessão de Câmara.

O documento contempla a verba de 24 mil euros para despesas de funcionamento relativas a manutenção e reparação de equipamentos de cozinha dos refeitórios existentes nas escolas do 1.º ciclo.

A Câmara Municipal de Setúbal deliberou ainda a atribuição de um apoio financeiro global de 24 mil e 766,50 euros destinado à aquisição de material de desgaste no decorrer do presente ano letivo, para os agrupamentos de escolas.

- PUB -

Aos agrupamentos de escolas Barbosa du Bocage, Sebastião da Gama, Luísa Todi, Ordem de Sant’Iago e de Azeitão é atribuída, a cada um, uma verba de 4 mil e 500 euros, enquanto o Agrupamento de Escolas Lima de Freitas recebe mil e 500 euros.

Por sua vez o agrupamento de Azeitão, com 611 alunos do 1.º ciclo, recebe 3 mil e 360,50 euros, enquanto ao agrupamento Barbosa de Bocage, com 893 alunos, cabe o montante de 4 mil e 911,50 euros.

A proposta aprovada por unanimidade pela vereação contempla também os agrupamentos de escola Sebastião da Gama e Lima de Freitas, respetivamente com 755 e 369 alunos, a autarquia concede 4 mil e 152,50 e 2 mil e 29,50 euros.

- PUB -

O apoio financeiro é também concedido ao agrupamento Luísa Todi, com 1090 alunos, numa uma verba de 5 mil e 995 euros, e ao agrupamento Ordem de Sant’Iago, com 785 estudantes, que recebe 4 mil e 317,50 euros.

A justificar esta atribuição de verbas, a deliberação de Câmara teve em conta que o funcionamento das escolas do 1º ciclo do ensino básico, “pela natureza da população que servem e pela especificidade do serviço educativo que prestam, conduz a um desgaste dos materiais e recursos utilizados que não se compadece com apoios pontuais e esporádicos”.

- PUB -

Mais populares

Bombeiros em “guerra de tronos” ameaçam direcção com paralisação de serviços

Direcção já acertou tudo com antigo chefe dos bombeiros do Barreiro para assumir o cargo. Mas o corpo activo do Montijo quer Luís Silva   A...

Joaquim Maia deu a volta à tragédia para ajudar atletas a vencerem na pista

A vida pregou-lhe uma má partida, mas não se deixou vencer. Hoje é treinador e já ajudou a lançar atletas de alta competição     No campo...

CDU vai lançar André Martins à presidência da Câmara Municipal de Setúbal

A CDU vai avançar com André Martins como candidato à presidência da Câmara Municipal de Setúbal nas autárquicas deste ano. O nome do actual...
- PUB -