Setúbal fortalece diariamente limpeza e desinfecção nas ruas

74
visualizações
Fotografia de Alex Gaspar

Higienização das áreas de maior contacto humano decorrem desde 18 de Março como medida de prevenção contra o coronavírus

 

- Pub -

A Câmara Municipal de Setúbal tem vindo a reforçar a limpeza e a desinfecção do espaço público. Numa altura em que a possibilidade de contágio por Covid-19 é elevada, a autarquia está a garantir diariamente a higienização das zonas do concelho que aglomeram um maior número de pessoas, através da aplicação de um desinfectante à base de hipoclorito de sódio.

Numa primeira fase o município procedeu à desinfecção da sinalização rodoviária, do mobiliário urbano e dos pavimentos. A limpeza, feita com “recurso a equipamentos de jacto de alta pressão e produtos desinfectantes”, foi executada, também, em “bancos de rua, paragens de autocarro, botões de semáforos e contentores de resíduos sólidos”, revela a Câmara Municipal em comunicado.

Na passada sexta-feira as equipas de higienização percorreram a Rua do Regimento de Infantaria 11. E asseguraram a “desinfecção da Quinta do Quadrado e do Paraíso, das ruas Henrique Cabeçadas e Dom Pedro V e Avenida de Moçambique”. Este sábado a higienização centrou-se no Bairro das Manteigadas e em Poçoilos.

No dia 2 de Abril os trabalhos centraram-se nos bairros Santos Nicolau, dos Pinheirinhos e da Azeda, reforçando a limpeza de “espaços de circulação pedonal, papeleiras e contentores”. Foi, ainda, intervencionado o Mercado de Nossa Senhora da Conceição, a Avenida Belo Horizonte e os parques do Bonfim, de Vanicelos e da Algodeia, onde a manutenção dos espaços verdes e sistemas de rega também foi assegurada.

(Crowdfunding: Ajude o seu jornal a manter a publicação. Para saber mais ou fazer o seu donativo clique no seguinte link: https://ppl.pt/causas/osetubalense)

Nenhuma rua tem escapado, como pode ver no mapa oficial do município para o efeito [clique aqui]. E, desta forma, quatro cantoneiros, devidamente equipados, também procederam à “lavagem da Avenida Jaime Cortesão e das ruas Camilo Castelo Branco, Formosa e General Gomes Freire”, esclarece a autarquia. “Outra equipa efectuou a lavagem dos contentores instalados no Bairro Santos Nicolau” e uma outra procedeu à “limpeza das avenidas 22 de Dezembro, Rodrigues Manito e Manuel Gamito”.

Segundo balanço divulgado pela autarquia, “a operação também já foi concretizada, no centro histórico, nas avenidas da Portela, Combatentes, Fontainhas, Bento de Jesus Caraça, Jaime Cortesão, Bento Gonçalves, D. João II e Infante D. Henrique”.

E prosseguiu, ainda, nos mercados do Livramento e do Rio Azul, nos bairros do Troino e de Montalvão e na zona do Moinho do Frade. Assim como a Quinta do Hilário.

No decorrer da passada semana, a acção de desinfecção chegou ainda ao Hospital de São Bernardo, às estações ferroviárias Setúbal e Praça do Quebedo e ao terminal rodoviário, mercados municipais, farmácias e supermercados.

Das vinhas para as ruas de Setúbal

Nas ruas da União das Freguesias de Setúbal e nas freguesias de Azeitão, São Sebastião, Sado e Gâmbia-Pontes-Alto da Guerra a desinfecção tem sido executada por quatro tractores “utilizados no tratamento de vinhas” e através dos quais é espalhado desinfectante em forma de vapor.

Uma operação que tem despertado a curiosidade de muitos setubalenses pelo aspecto do veículo e pelo rastro de vapor.

Comentários

- Pub -