Soldados contra a Covid-19 acolhidos na Casa do Largo

54
visualizações

Profissionais de saúde e elementos de forças de proteção e socorro a trabalhar em Setúbal na linha da frente no combate à pandemia Covid-19 optaram por ficar temporariamente alojados na Casa do Largo – Pousada da Juventude e no Hotel de Aplicação da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, do Turismo de Portugal. Espaços cedidos pela Câmara Municipal de Setúbal para receber profissionais em contacto com grupos de risco com combate à Covid-19.

- Pub -

Os dez elementos da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal que estavam a viver temporariamente na Casa do Largo – Pousada da Juventude, enquanto realizavam uma jornada de trabalho ininterrupta de duas semanas de prontidão, 24h00 por dia, foram rendidos por outra equipa este sábado.

Paulo Lamego, comandante da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal explica que optou-se por “ter a companhia a funcionar com 50% dos elementos, durante a pandemia do coronavírus” de forma a garantir uma melhor operacionalidade, eficácia e disponibilidade dos bombeiros.

(Crowdfunding: Ajude o seu jornal a manter a publicação. Para saber mais ou fazer o seu donativo clique no seguinte link: https://ppl.pt/causas/osetubalense)

O Hotel de Aplicação da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal tmbém é a casa temporária de um elemento da Guarda Nacional Republicana e dez profissionais de saúde, que desempenham funções no Centro Hospitalar de Setúbal.

Um decisão tomada por estes profissionais, em alguns casos com o objectivo de evitarem deslocações diárias, para além das suas intensas jornadas de trabalho, reduzindo também o risco de contaminação do novo coronavírus a familiares.

Estes são apenas dois dos locais disponíveis para estes profissionais. E José Luís Bucho, coordenador do Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros de Setúbal, afirma que “há mais capacidade de alojamento para os profissionais que assim o desejarem”.

Comentários

- Pub -