Autarquia afirma que construção da rotunda junto ao Bonfim decorre a bom ritmo

50
visualizações

Nova rotunda está enquadrada num pacote de obras da autarquia para melhorar a circulação na cidade

 

- Pub -

A construção da nova rotunda nas avenidas Dr. António Rodrigues Manito e 22 de Dezembro e na Rua Dr. António Manuel Gamito, em Setúbal, estão decorrer a “bom ritmo”, adianta a autarquia sobre estas obras de beneficiação.

Trata-se de um investimento da autarquia, em curso desde meados de Março, para “melhorar as condições de circulação e de segurança entre as zonas do Bonfim e do Bairro do Liceu e, em simultâneo, optimizar o tráfego rodoviário local, concretamente através de uma nova rotunda”.

A nova infra-estrutura rodoviária fica localizada nas imediações do Estádio do Bonfim, concretamente na intersecção formada pela Avenida Dr. António Rodrigues Manito com a Rua Dr. António Manuel Gamito, e está integrada numa operação urbanística de grande dimensão liderada pela autarquia.

O nó giratório está a ser criado pelos serviços municipais em parceria com a empresa Oliveiras à qual foi adjudicada a empreitada de repavimentação de troços das avenidas Dr. António Rodrigues Manito e 22 de Dezembro, assim como da Rua Dr. António Manuel Gamito.

Os trabalhos desta operação, iniciados pela construção da rotunda, prosseguem agora com as acções de reabilitação da rede viária em curso nas avenidas Dr. António Rodrigues Manito e 22 de Dezembro.

Estes trabalhos, “destinados a reforçar a qualidade de vida urbana, bem como as acessibilidades e condições de circulação e segurança rodoviária daquelas vias estruturantes da cidade, incluem fresagem dos pavimentos deteriorados e aplicação de novas massas asfálticas”.

Estas acções são realizadas depois de a autarquia ter executado, recentemente, uma operação de grande envergadura enquadrada na beneficiação de um conjunto de infra-estruturas de saneamento no âmbito da obra de construção da Estação Elevatória dos Combatentes.

O prazo para a conclusão dos trabalhos depende da evolução da crise pandémica do coronavírus Covid-19, sendo que todas as operações são executadas com a garantia das condições de segurança individual e colectiva dos trabalhadores contra possível contaminação.

Comentários

- Pub -