Setúbal. Novo equipamento para aniquilar o vírus

163
visualizações

A desinfecção dos espaços e viaturas municipais de Setúbal está a ser reforçada com uma nova máquina de limpeza à base de ozono, adquirida pela Câmara Municipal. O Fórum Luísa Todi foi o primeiro edifício público a passar por desinfecção com recurso a esta tecnologia, que vai ser também utilizada na higienização da Escola dos Arcos, transformada em centro de testes à Covid-19.

- Pub -

Esta máquina permite fazer a desinfecção através de uma mistura de água e ozono, sendo por isso “a mais indicada para a desinfecção de espaços interiores”, refere a autarquia em comunicado.

Quando combinado com a água, o ozono age como um desinfectante ecológico, “extremamente oxidante” e eficaz na eliminação de microrganismos, “tornando-se, deste modo, um aliado no combate à propagação do novo coronavírus”.

Um mês de desinfecção para travar a Covid-19

Ao longo do último mês a Câmara Municipal de Setúbal realizou uma rota de desinfecções diárias, “freguesia a freguesia, bairro a bairro, rua a rua”.

No final da passada semana equipas da Higiene Urbana e Espaços Verdes da autarquia desenvolveram trabalhos de limpeza em diversos locais do concelho, com máquinas de jacto e pressão e recurso a água e hipoclorito de sódio, o desinfectante que tem sido utilizado pela autarquia na desinfecção de ruas e na limpeza de mobiliário urbano.

Ao mesmo tempo, decorre nas ruas da cidade a desinfecção com recurso a tratores, que espalham na via pública uma solução de limpeza e desinfectante “através do efeito nebulizador”.

Ainda no âmbito desta campanha de desinfecção, a Câmara Municipal de Setúbal lança um apelo à população, para que adopte “comportamentos cívicos que contribuam para manter a salubridade e limpeza do concelho, respeitando as regras de deposição de resíduos sólidos urbanos nos contentores e os horários de recolha”.

Comentários

- Pub -