Novo Skate Parque transforma rosto da Algodeia

37
visualizações

Projecto de Francisco Lopez foi concretizado com contributos da comunidade skater local

 

- Pub -

O novo Skate Parque de Setúbal já está aberto ao público. Instalado na zona da Algodeia, este este espaço de 850 metros quadrado resulta de um investimento de 150 mil euros, a cargo do Grupo Supera e resultado de contrapartidas financeiras assumidas a propósito da construção do Complexo Desportivo Municipal Supera Setúbal.

A comunidade skater local também foi parte activa na construção deste equipamento, através de diferentes contributos sobre as caraterísticas ideais que esta área deveria ter, num projecto assinado pelo projectista Francisco Lopez. E durante a inauguração do parque estiveram presentes representantes da comunidade skater local, como Francisco Perdigão e Pedro Castanheira, que enalteceram a qualidade do espaço e as várias zonas técnicas como escadas, muretes, corrimões e rampas, incluindo uma “bowl”, espécie de bacia que permite treinar movimentos convexos.

No momento da inauguração a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, também realçou que este novo recinto desportivo está preparado para receber amantes do BMX e patins em linha, assim como para “servir a nova área de convívio e socialização para outros jovens e famílias”, frisa a autarca.

A presidente do município anunciou ainda que o terreno envolvente ao Skate Parque de Setúbal será requalificado, acrescentando à zona “maior qualidade urbana”, através de uma intervenção associada à obra de regularização do troço final da Ribeira da Figueira, para prevenção de cheias.

Em conjunto com o campo de râguebi, o novo skate parque traz a esta entrada da cidade uma “nova e qualificada configuração, constituindo mais um passo no processo de afirmação do concelho”, vincou Maria das Dores Meira.

A inauguração do Skate Parque de Setúbal esteve agendada para 15 de Março, no âmbito das comemorações locais do Mês da Juventude, tendo sido adiada devido pandemia causada pela Covid-19.

Comentários

- Pub -