Cidade une 49 restaurantes em homenagem gastronómica à rainha do peixe assado

44
visualizações

Chef Maria João Patronilho, da Siso Gastronomia Artesanal, encerra iniciativa a 2 de Agosto com uma degustação gratuita na Casa da Baía

 

- Pub -

De 24 de Julho a 2 de Agosto a sardinha é a rainha da gastronomia em Setúbal. As ementas de 49 restaurantes da cidade vão estar dedicadas a este pescado, ao longo de uma semana que encerra com uma degustação comentada na Casa da Baía.
As sugestões da “Semana da Sardinha” incluem desde a típica versão assada da sardinha, até receitas mais elaboradas, disponíveis nos restaurantes 490 Taberna STB, A Barreira, A Casa do Peixe, Adega do Zé, Água Salgada, Antoniu’s, Baluarte do Rio, Bombordo, Café com C, Cais 56, Calha Bem, Casa Morena, Churrasquinho do Sado, Copa d’Ouro, Ferribote, Forno da Lotta e Ivo Mar integram a semana gastronómica.
Outros espaços aderentes são Mar Azul, Nova Taberna O Pescador, Novo 10, Novo Capote, O Alface, O Batareo, O Convés, O Douradinho, O Escondidinho, O Nau, Restaurante Pescador 2, O Petisco, O Praxedes, O Ramila, O Tavira, Restaurante Oficina do Peixe, Peixe no Largo, Restaurante Pinga Amor 2, Rebarca e Restaurante Baía.
Uma lista na qual também estão integrados o Restaurante Barmar, Restaurante Novo Lídia, Restaurante Velho Lídia, Restinguinha, Ribeirinha do Sado, Sangue na Guelra, Solar do Marquês, Taberna de Azeitão, Tasca do Toninho, Tasca Xico da Cana, Tasca Kefish e Verde e Branco.

No último dia desta semana especial, a chef Maria João Patronilho da Siso Gastronomia Artesanal, promove uma degustação comentada gratuita na Casa da Baía, a partir das 18h00, sujeita a inscrição prévia e número limitado de participantes, “de acordo com as normas estabelecidas pelas autoridades de saúde”, garante a Câmara de Setúbal.

A par da autarquia, a iniciativa “Semana da Sardinha” é organizada com o contributo da Docapesca, sob o selo da marca Setúbal Terra de Peixe e com o apoio da Makro.

Terra de Peixe

O reconhecimento de Setúbal como terra de bom peixe tornou-se oficial em 2019, com a integração do concelho na “Nobre Confraria Gastronómica do Melhor Peixe do Mundo”.
Durante o evento de reconhecimento, em representação da Câmara de Setúbal, o vereador Manuel Pisco referiu que “os setubalenses já sabiam que tinham o melhor peixe do mundo, faltava apenas a vaidade para reconhecer isso”.

No parecer do vice-presidente da Câmara, o reconhecimento por parte da Confraria do Peixe incentivou um trabalho realizado desde há muitos anos, “em prol da preservação, sustentabilidade da pesca e consumo, para que as gerações vindouras continuem a conhecer o peixe da costa portuguesa”.

Na época, António Cristóvão, grão-mestre da Confraria do Peixe, destacou precisamente o objectivo da “sustentabilidade e a biodiversidade” como lema da “Nobre Confraria Gastronómica do Melhor Peixe do Mundo”, para que seja possível “amanhã continuarmos a ter o melhor peixe do mundo”.

Comentários

- Pub -