26 Fevereiro 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Local Setúbal PS e CDU trocam acusações sobre retirada de amianto das escolas de...

PS e CDU trocam acusações sobre retirada de amianto das escolas de Santa Maria da Graça e Amoreiras

Vereadores do PS exigem que a Câmara retire o amianto de escolas que gere. Maria das Dores Meira garante que essa obra está em adjudicação

 

- PUB -

A remoção do amianto nas escolas de Setúbal está a criar fricção entre o executivo comunista e os vereadores, sem pelouros, eleitos pelo PS. Tudo começou bem quando na última reunião de Câmara, na passada quarta-feira, a CDU contou também com os votos a favor dos socialistas para dar corpo ao acordo de colaboração entre a autarquia e o Ministério da Educação para remover este material perigoso de escolas na alçada do Estado, mas logo na sexta-feira o PS emitiu um comunicado que irritou o executivo.

Vieram exigir os socialistas que “a autarquia sadina siga o bom exemplo do acordo de colaboração aprovado, e avance com urgência para a remoção do amianto nas escolas básicas de Santa Maria da Graça e Amoreiras”, estas da exclusiva responsabilidade da Câmara de Setúbal. No mesmo dia, a líder da gestão comunista, Maria das Dores Meira, acusou o PS de Setúbal de “usar a mentira e a má-fé como arma de combate partidário apenas para tentar tirar proveitos políticos”.

Afirma a presidente que os vereadores da oposição estão a exigir a resolução de um problema, nestas duas escolas, que “já foi resolvido há cerca de dez anos com o encapsulamento das telhas”, e disso “bem o sabem”.

- PUB -

A isto acrescenta que os vereadores socialistas “sabem igualmente” que a autarquia “decidiu substituir as coberturas já tratadas das duas escolas, e desde então sem quaisquer riscos para saúde pública, por outras novas e de maior qualidade”, e continua, “sabem também que tais obras estão em fase de adjudicação”.

Portanto, “o PS ao exigir a resolução de um problema que, como muito bem sabe, está resolvido, quer enganar os setubalenses apenas para obter um ganho político à conta da mentira e do que se pode classificar como verdadeira aldrabice”, retorque Maria das Dores Meira.

De facto, no mesmo comunicado, os vereadores do PS Setúbal reconhecem que a Câmara “em tempos encapsulou os telhados de fibrocimento”, nestas duas escolas, mas argumenta que “o problema persiste” e realça a “escola das Amoreiras que não pode continuar a aguardar por uma hipotética demolição e novo projecto de escola como justificação para uma não intervenção definitiva no telhado”, uma obra que considera “urgente”.

- PUB -

O acordo entre a Câmara de Setúbal e o Ministério da Educação, aprovado na reunião pública de quarta-feira, consiste na remoção de materiais com amianto nas escolas básicas de 2.º e 3.º ciclos de Aranguez e de Azeitão e na Escola Secundária Dom Manuel Martins, todas elas na alçada do Estado.

- PUB -

Mais populares

Morto a tiro em festa na encosta da Bela Vista

Um homem com cerca de 30 anos morreu este domingo baleado com dois tiros numa festa ilegal que decorria na encosta da Bela Vista,...

Várzea veio colmatar necessidade de antecipar o fecho da estação na 5 de Outubro

TST explica que antiga estação apresentava alguns problemas, inclusive ao nível da logística nos serviços   A empresa Transportes Sul do Tejo (TST) inaugurou há cerca...

Dores Meira acusa PS de falsear realidade sobre estacionamento pago na cidade

Dores Meira não poupa criticas às razões que o PS tem alegado. E aponta-lhe os casos de Lisboa e Almada   O estacionamento pago na cidade...
- PUB -