6 Março 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Setúbal Deputada Cristina Rodrigues questiona Saúde sobre situação caótica dos hospitais

Deputada Cristina Rodrigues questiona Saúde sobre situação caótica dos hospitais

A deputada não inscrita, Cristina Rodrigues, ex-PAN, eleita pelo distrito, questionou o Ministério da Saúde sobre as estratégias de resposta existentes na região para acautelar os doentes Covid e não Covid. Isto porque, considera, existe uma “situação caótica em diversos hospitais do distrito.

- PUB -

Um dos casos apontados pela deputada à Assembleia da República é a situação do Hospital de S. Bernardo, em Setúbal, que no início desta semana teve necessidade de activar a última fase do Plano de Crise ou Catástrofe, pela primeira vez na história da unidade hospitalar, devido ao aumento de doentes internados com Covid-19, tendo também aumentado a procura de cuidados por doentes não Covid.

“Perante o aumento dos números em todo o distrito, as deslocações de doentes e a eventual necessidade de contratualização com unidades privadas, importa conhecer que estratégia de articulação regional está a ser aplicada”, argumenta a parlamentar.

Para além do caso do Hospital de Setúbal, no documento enviado à tutela de Marta Temido, Cristina Rodrigues refere também a situação do Centro Hospitalar do Barreiro / Montijo que, na passada semana “acusava a proximidade de uma situação de ruptura”.

- PUB -

A deputada aponta ainda o Hospital Garcia de Orta, em Almada, que, no mesmo período, “tinha apenas uma cama disponível para doentes infectados com o novo coronavírus”, e a unidade do Litoral Alentejano, onde “os casos continuam também a aumentar”.

São elementos que levaram Cristina Rodrigues a questionar sobre que “unidades hospitalares se encontram presentes na articulação entre públicas e privadas”. A deputada quer ainda saber quais as respostas a doentes não Covid. “Não podemos ignorar as doenças que já existiam e vão continuar a existir; há milhares de pessoas cujas intervenções cirúrgicas, consultas, exames, entre outras situações, se veem sem os cuidados necessários e esses casos precisam ser acautelados”.

- PUB -

Mais populares

Bombeiros em “guerra de tronos” ameaçam direcção com paralisação de serviços

Direcção já acertou tudo com antigo chefe dos bombeiros do Barreiro para assumir o cargo. Mas o corpo activo do Montijo quer Luís Silva   A...

Joaquim Maia deu a volta à tragédia para ajudar atletas a vencerem na pista

A vida pregou-lhe uma má partida, mas não se deixou vencer. Hoje é treinador e já ajudou a lançar atletas de alta competição     No campo...

CDU vai lançar André Martins à presidência da Câmara Municipal de Setúbal

A CDU vai avançar com André Martins como candidato à presidência da Câmara Municipal de Setúbal nas autárquicas deste ano. O nome do actual...
- PUB -