25 de Abril Sempre! À Janela e no coração!

25
visualizações
Álvaro Balseiro Amaro - Presidente da Câmara Municipal de Palmela

O período de confinamento e distanciamento social que vivemos desperta em muita gente memórias de outros tempos, vividos com medo e sem direitos, e aguça em nós um renovado apreço pela Liberdade e por aquilo que dávamos como garantido ou, até, dispensável.

- Pub -

Após anos de desinvestimento nas funções sociais do Estado e de continuada privatização de serviços públicos, revela-se-nos, hoje, com dura clareza, a importância vital do Serviço Nacional de Saúde – que, mesmo com problemas, dá exemplo ao mundo – da Segurança Social, da Escola Pública e de tantas outras conquistas de Abril, bem como da produção nacional, garante de soberania nos mais diversos domínios. A canalização de recursos materiais e humanos que acontece, agora, com caráter de urgência, deverá, para respeitar Abril, ter continuidade, de forma estratégica e tendo em vista a maior eficácia, eficiência e sustentabilidade dos serviços, para responder aos desafios atuais e aos que se seguirão.

Também o Poder Local Democrático – outra preciosa conquista de Abril – tem demonstrado, uma vez mais, a sua enorme capacidade de adaptação e resposta, articulando recursos, até, a nível nacional, numa demonstração de solidariedade e maturidade democrática acima de qualquer divisão partidária. Ao nível local, Município, Freguesias, IPSS, empresas e outras/os agentes do território colocaram em prática, uma vez mais, este enorme património de trabalho que é a rede de parceria há muito estabelecida e que tem permitido criar soluções muito além das suas competências. São, também, muitas/os as/os voluntárias/os que têm doado o seu tempo e saberes para colaborar no apoio a quem está mais vulnerável. Sem confundir Solidariedade e Luta por direitos para todas/os com Caridade. É na partilha e nas sinergias que se forja a capacidade de resiliência de um território.

Neste ano, prestar homenagem aos Capitães de Abril, aos militares, às mulheres e aos homens que mantiveram viva a luta antifascista e ao povo que saiu às ruas e conquistou as rédeas do seu destino, é acarinhar a Democracia e a Liberdade. É combater visões revisionistas e partilhar memórias com as crianças e jovens, é pugnar por uma maior Educação Cidadã, é participar ativamente na vida da comunidade e continuar a defender a evolução social, com mais direitos para todas/os, no Trabalho, na Saúde, na Educação, na Habitação, no Lazer. É perceber que o Ambiente tem de continuar a ser uma prioridade, sob pena de hipotecarmos o nosso futuro, sem retorno. É perceber que também a Educação e a Cultura são o maior investimento na Democracia.

Mesmo em casa, estaremos Unidos na Festa que acontece nos meios digitais, que continuam a aproximar-nos, com muitas propostas culturais, lúdicas e pedagógicas para viver o 25 de Abril com consciência, responsabilidade e esperança. E, no dia 25, a “Grândola, Vila Morena” vai unir as nossas vozes à janela, de cravo e punho erguido.
25 de Abril, sempre!

O Presidente da Câmara Municipal de Palmela
Álvaro Manuel Balseiro Amaro

Comentários

- Pub -