Vá para fora, cá dentro!

28
visualizações
Clarisse Campos, deputada do PS

O distrito de Setúbal é a nossa casa. É o local que escolhemos para viver, estudar ou apenas trabalhar. É, ainda, uma região ideal para passar os tempos livres ou as férias, fazendo jus ao mote lançado pelo Turismo de Portugal, que convida os portugueses a conhecer o seu País durante este verão.

- Pub -

Com a primeira metade do ano marcada pelo recolhimento devido à Covid 19, o segundo semestre de 2020 dá dramáticos sinais quanto ao impacto económico desta conjuntura, com o aumento do desemprego e o desequilíbrio das contas públicas, que tão arduamente se haviam equilibrado.

O Governo multiplica-se em ações para conter estes indicadores e incentivar as áreas em que é possível recuperar. No turismo, desde logo com o apoio às empresas, nomeadamente com o alargamento do lay-off simplificado, a criação do selo Clean&Safe para fomentar confiança nos nossos operadores de restauração e hotelaria, bem como lançando várias campanhas de promoção das regiões do nosso País, dentro e fora de portas.

Cabe a todos os que conseguiram passar incólumes à pandemia dar também o seu contributo para o relançamento da economia, com o seu trabalho quotidiano, mas também escolhendo produtos e destinos portugueses.

É o momento certo para conhecer paisagens, monumentos e espaços verdadeiramente únicos, que são NOSSOS e que justificam que o nosso País tenha, ao longo dos últimos anos, ganho numerosos prémios, posicionando-se entre os melhores destinos turísticos do mundo.

No distrito de Setúbal, em particular, somos privilegiados com uma enorme riqueza de escolhas.

Temos praias com areais a perder de vista banhados por águas cristalinas.
Temos os estuários do Tejo e do Sado, com atividades aquáticas e passeios ao ar livre; baías e lagoas; centros históricos ribeirinhos, com fortes tradições náuticas; castelos e fortificações.

Se, por um lado, temos serras; matas; pinhais; arribas fósseis e campos a perder de vista; por outro, não faltam movimentados e cosmopolitas centros comerciais e de exposições; não esquecendo desafiantes rotas pedestres e viárias, como os caminhos de Santiago ou a Estrada Nacional 2, que por aqui passam.

Museus e núcleos museológicos especiais, com arte sacra e profana, antiga e contemporânea; arqueologia, história industrial e etnografia estão também ao nosso dispor.

E temos alojamento de qualidade, de campismo, a hotéis de cinco estrelas; restaurantes de renome e tabernas típicas, onde se podem provar os melhores azeites e vinhos e ou embarcar na gastronomia característica.

Falta só dizer que a maior riqueza do distrito de Setúbal são as suas gentes, o seu gosto em receber e mostrar o que de melhor tem para oferecer, tanto aos que vêm de fora, como aos que, sendo de “dentro”, só agora despertam para toda a variedade de propostas aqui presentes.

Muitas vezes viajamos na ânsia de experienciar novas realidades, não conhecendo nem valorizando o que temos mais próximo.

É altura de contrariar essa tendência.

Nestas férias faz ainda mais sentido o já muito repetido, mas não menos sábio slogan: Vá para fora, cá dentro!

Comentários

- Pub -