5 Março 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Opinião Perspectivas do imobiliário para 2021

Perspectivas do imobiliário para 2021

O ano que agora se inicia poderá ser muito diferente no final, fruto de alterações legislatórias e conjunturais que poderão influenciar o mercado imobiliário.

- PUB -

Começando pela mais óbvia, o impacto macroeconómico. Com uma queda de 8,1% do PIB nacional projetada pelo Banco de Portugal para 2020, e uma contração mundial prevista de 3% pelo FMI, constata-se um cenário de maior incerteza para os próximos anos. Digo incerteza, porque nesta fase é demasiado cedo para prever o impacto das medidas que estão a ser, e serão tomadas. De todo o modo, cenários de incerteza adiam decisões de investimento profissional, o que poderá adicionar escassez ao stock de habitação disponível.

As moratórias são outro tema quente. Mantendo-se o prazo de término deste regime excecional, as famílias portuguesas começarão a sentir o impacto nas prestações dos seus créditos já em Setembro. Serão 2 mil milhões de Euros de adiamentos que serão diluídos nas prestações mensais, o que aumentará o encargo mensal dos portugueses. Este resvalo no orçamento familiar levará inevitavelmente a um aumento da oferta de imóveis, o que por sua vez poderá travar o crescimento dos preços.

Outra das alterações que aconteceram em 2020 e que se vê prolongar-se durante 2021, é a redução da taxa de ocupação do arrendamento de curta duração. Outrora um modelo de negócio apetecível, como alternativa mais rentável face ao arrendamento de longo prazo, mostrou-se pouco robusto quando as viagens ficaram restringidas. Esta leitura sai reforçada pela legislação aprovada pelo estado, que permite converter um estabelecimento de alojamento local em arrendamento acessível.

- PUB -

Incerteza será a palavra de ordem. Quer seja comprador ou vendedor, o importante será tomar ações informadas.

934 611 915
jxavier.bartolomeu@century21.pt
www.cdc21.pt

- PUB -

Mais populares

Joaquim Maia deu a volta à tragédia para ajudar atletas a vencerem na pista

A vida pregou-lhe uma má partida, mas não se deixou vencer. Hoje é treinador e já ajudou a lançar atletas de alta competição     No campo...

Bombeiros em “guerra de tronos” ameaçam direcção com paralisação de serviços

Direcção já acertou tudo com antigo chefe dos bombeiros do Barreiro para assumir o cargo. Mas o corpo activo do Montijo quer Luís Silva   A...

CDU vai lançar André Martins à presidência da Câmara Municipal de Setúbal

A CDU vai avançar com André Martins como candidato à presidência da Câmara Municipal de Setúbal nas autárquicas deste ano. O nome do actual...
- PUB -