25 Fevereiro 2021, Quinta-feira
- PUB -
Início Regional Jornalistas debatem poder do verdadeiro e falso na sociedade de informação

Jornalistas debatem poder do verdadeiro e falso na sociedade de informação

O ciclo de conferências “O Lugar do Sapal”, promovido pela Uniseti – Universidade Sénior de Setúbal, no âmbito do seu 15º aniversário, trouxe a debate público os novos desafios dos media e o valor da ética profissional

 

- PUB -

O colóquio “Comunicação e Pós-Verdade. Fake News e Ética”, levou a debate, no Cinema Charlot – Auditório Municipal, a dificuldade que os media e o público enfrentam na distinção entre a realidade e a ficção da informação, com o fenómeno crescente da divulgação de notícias falsas com fins específicos – as fake news.

Um debate que marcou o terceiro encontro do ciclo “O Lugar do Sapal”, promovido pela Uniseti – Universidade Sénior de Setúbal no âmbito das comemorações do seu 15º aniversário.

Na abertura do colóquio o vereador da Educação da Câmara Municipal de Setúbal, Ricardo Oliveira, apelou à reflexão sobre a construção de uma sociedade de informação com método, reiterando que, há cerca de um ano, quando o tema começou a ser trabalhado surgiu de imediato “uma percepção da realidade, mas não tínhamos a noção do ponto da utilização da comunicação para manipular os movimentos sociais e populares”.

- PUB -

O terceiro encontro do ciclo “O Lugar do Sapal” – cuja denominação é uma homenagem ao tempo em que os setubalenses tinham na Praça de Bocage um sapal – contou com a presença e contributo de jornalistas de reconhecida idoneidade. Adelino Gomes, jornalista e investigador universitário, Rita Figueiras, professora universitária, e Fernando Esteves, jornalista e fundador do jornal online Polígrafo. A moderação do debate final esteve a cargo do jornalista e director de O SETUBALENSE-DIÁRIO DA REGIÃO, Francisco Alves Rito.

O trabalho desenvolvido no jornal online Polígrafo esteve em destaque com a apresentação de Fernando Esteves. Uma actividade centrada na verificação da informação veiculada no espaço público, com enfoque no protagonista da notícia.

O jornalista falou da dificuldade em distinguir, hoje, a realidade e a ficção da informação veiculada e o impacte desta na sociedade. Comentou ainda o nível da apatia criada, o relativismo e a embriaguez intelectual, enquanto contexto social que gera dúvidas no momento de fazer escolhas informadas. Situação que gera fragilidades perante a eclosão de movimentos populistas, utilizando como exemplo as campanhas políticas de Donald Trump e Jair Bolsonaro.

- PUB -

 

Abril encerra ciclo de debates

 

“O Lugar do Sapal” trouxe a debate, em Setúbal, temas actuais que representam os grandes desafios da sociedade contemporânea. O desafio começou ainda em 2018, com “O Sentido da Existência”, em Outubro e “Metáforas do Mercado – A Economia do Tardo-Capitalismo”, em Novembro.

A última conferência do ciclo “O Lugar do Sapal” decorrerá a 5 de Abril, com o tema “O Mundo é Feito de Mudança”. Os oradores ainda não foram anunciados, mas o presidente da Uniseti, Arlindo Mota, reforça a sua vontade em manter sinergias entre Lisboa e Setúbal.

- PUB -

Mais populares

Morto a tiro em festa na encosta da Bela Vista

Um homem com cerca de 30 anos morreu este domingo baleado com dois tiros numa festa ilegal que decorria na encosta da Bela Vista,...

Várzea veio colmatar necessidade de antecipar o fecho da estação na 5 de Outubro

TST explica que antiga estação apresentava alguns problemas, inclusive ao nível da logística nos serviços   A empresa Transportes Sul do Tejo (TST) inaugurou há cerca...

Autarquia afasta touradas da Praça de Touros Carlos Relvas

O objectivo do executivo municipal é reforçar a relação da cidade com as zonas histórica e incentivar a reabilitação A Câmara de Setúbal pretende avançar...
- PUB -