FMM de Sines divulga primeiros artistas para edição de 2020

18
visualizações
A cantora e realizadora brasileira Ava Rocha já está confirmada para o FMM de Sines deste ano

Festival regressa de 18 a 25 de Julho ao litoral alentejano. Amadou & Miriam, Ava Rocha, Mon Laferte, RashaNahas e a norte-americana Rhiannon Giddens, para além do britânico Nitin Sawhney, são os nomes já confirmados para a edição deste ano

 

- Pub -

Os cantores malianos Amadou & Miriam, acompanhados do coro gospel norte-americano Blind Boys of Alabama, estão entre as primeiras novidades da 22ª edição do Festival Músicas do Mundo de Sines (FMM), que vai decorrer entre 18 e 25 de Julho, naquele concelho do litoral alentejano.

De acordo com a organização do evento, o encontro musical vai juntar a dupla de maior projecção da música do Mali a uma formação lendária do gospel, para apresentarem em Sines o álbum “From Bamako to Birmingham”, editado no ano passado. Entre as confirmações reveladas esta quarta-feira, estão igualmente a cantora brasileira Ava Rocha, Mon Laferte, oriunda do Chile, a palestiana RashaNahas e a norte-america Rhiannon Giddens. Recorde-se que Ava Rocha é também realizadora e filha dos cineastas Paula Gáitan e Glauber Rocha, combinando “referências encontradas no tropicalismo, new wave, pós-punk, no samba e na bossa nova, e na música afro-brasileira”.

Já Mon Laferte chega a Portugal com o Grammy Latino de melhor álbum alternativo de 2019 por “Norma”. Por sua vez, a cantora Rasha Nahas, a viver actualmente em Berlim, na Alemanha, é “uma nova voz na música independe que faz a ligação entre o Médio Oriente e a Europa”, estando previsto que venha a editar este ano o seu primeiro álbum.

Por último, a cantora folk norte-americana Rhiannon Giddens, intérprete da rabeca e do banjo, participa no festival de Sines acompanhada pelo pianista italiano Francesco Turrisi. Segundo a organização do evento, está ainda previsto o regresso do músico e produtor britânico Nitin Sawhney, do poeta e cantor de flamenco Niño de Elche e dos jamaicanos “Third World”, considerados um dos grupos de reggae “com maior longevidade, no activo desde o ano de 1973”. Recorde-se que o FMM regressa a Sines de 18 a 20 de Julho, à aldeia de Porto Côvo e no dia 21 irá transitar para a cidade sineense onde permanecerá até dia 25.

Comentários

- Pub -