Covid-19: Setúbal com um caso confirmado, Barreiro dois e Almada aguarda resultados

504
visualizações

Esta manhã, fonte hospitalar do Hospital Garcia de Orta disse a O SETUBALENSE que tem em isolamento casos suspeitos de infecção por Covid-19 “os quais aguardam resultado laboratorial”.

 

- Pub -

 

Em caso de infecção confirmada “os pacientes do Garcia de Orta ficam em tratamento no Serviço de Medicina Interna 3 – Infecciologia ou no Serviço de Pneumologia”, sendo estas as áreas que o hospital preparou para receber casos.

“De momento o serviço de urgência mantêm-se a funcionar dentro da normalidade em termos de afluência”, revela a mesma fonte.

Nos outros hospitais de península de Setúbal, ao longo do fim-de-semana, a afluência também esteve controlada, embora haja dois casos confirmados no Hospital Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro, e um caso confirmado no Hospital de São Bernardo, em Setúbal.

Segundo a Comissão de Utentes dos Serviços Públicos (CUSPS) do Barreiro, “oficialmente confirmam-se dois infectados e um paciente e aguardava confirmação”, no Centro Hospitalar Barreiro-Montijo (CHBM).

No entanto, a CUSPS espera que “os números aumentem acompanhando a expectativa a nível nacional”, uma vez que “o Barreiro funciona como dormitório e até sexta-feira toda gente fazia a sua vida normal”.

Quanto a contágio de profissionais de dentro do CHBM “a comissão de utentes não teve nenhuma informação”.

Em Setúbal para além do paciente confirmado ontem pelo Serviço Municipal de Protecção Civil e Bombeiros, hoje o Hospital de São Bernardo tinha dois casos a aguardar resultados laboratoriais, segundo fonte hospitalar avançou a O SETUBALENSE.

Actualmente a Região de Lisboa e Vale do Tejo já ultrapassou o Norte do país em número de casos, passando nas últimas 24h00 de 73 para 116 confirmados.

No total, Portugal tem 245 casos confirmados, 2 recuperado e zero óbitos. Os casos suspeitos são, de acordo com a última actualização da Direcção-Geral de Saúde 2271. O sintoma mais frequente nos casos confirmados em Portugal é a tosse, seguindo-se febre e cefaleias. Quantos aos infectados têm maioritariamente entre 30 a 49 anos, sendo 54,69% do sexo masculino e 45,31% do sexo feminino.

 

 

Comentários

- Pub -