Quinta do Anjo. Árvores no Bairro Assunção Piedade vão ser substituídas por outras de menor porte

14
visualizações
Quinta do Anjo

Nova espécie é também menos agressiva para as calçadas. Intervenção avança este mês

 

- Pub -

As árvores (mélias) existentes no Bairro Assunção Piedade, em Quinta do Anjo, que engloba as ruas Fernando Pessoa e 22 de Maio, na Urbanização Quinta da Torre, vão ser substituídas por outras de menor porte e menos agressivas para as calçadas. As mélias vão abaixo ainda durante este mês para darem lugar às de outra espécie arbórea, as lagerstroemias.

A operação de corte das árvores (mélias) no referido local vai decorrer durante os próximos dias, podendo prolongar-se por algumas semanas, anunciou a Câmara Municipal de Palmela.

Segundo a autarquia, o abate a levar a efeito resulta “de solicitações de munícipes e da associação de moradores, pelo facto de as raízes das mélias estarem a danificar a calçada dos passeios e alguns muros”.

A edilidade estima que os trabalhos  arrastem-se “durante algumas semanas” e indica que a intervenção engloba não só “o abate e remoção de árvores e raízes” como também “a replantação, com outra espécie de árvores, e a reposição da calçada”.

A nova espécie arbórea (lagerstroemias) que vai ser plantada no local é vista pelo município como “perfeita para as calçadas”, uma vez que “não possui raízes agressivas”. Além disso, tem uma dimensão inferior à dos actiais exemplares. “É de porte mais pequeno (chega a seis metros de altura, enquanto a mélia tem um porte médio de sete a 12 metros de altura mas, em condições especiais, pode alcançar até 45 metros)”, revela a edilidade, em jeito de comparação das características das duas espécies, adiantando que “ambas são resistentes à poluição urbana”.

No sentido de poder proceder à intervenção sem quaisquer constrangimentos, o município apela aos moradores para que não estacionem veículos no local durante a execução dos trabalhos.

Comentários

- Pub -