Campanha do jornal ultrapassa as seis dezenas de contributos

22
visualizações

Leitores, muitos deles anónimos, empresas e associações ajudam O SETUBALENSE a manter a publicação

A campanha de crowdfunding, recolha de fundos, que O SETUBALENSE tem em curso, ultrapassou ontem as seis dezenas de participantes, entre leitores, empresas, associações e muitos anónimos.

- Pub -

O valor angariado, que vai em 12.420 euros, caminha para o objectivo fixado, de 30 mil euros. A iniciativa pretende assegurar 15 mil euros por mês, nos meses de Abril e Maio, para ajudar à manutenção da publicação do jornal durante este período de pandemia.
Na plataforma da PPL Crowdfunding Portugal, onde está a decorrer – veja no link ppl.pt/causas/osetubalense –, ontem, até ao fecho desta edição, tinham sido angariados 5.420 euros, através dos contributos de 58 doadores.

Muitos destes amigos do jornal são anónimos, como o que ainda ontem ofereceu 100 euros, e enviou uma mensagem de incentivo: “Continuem o excelente trabalho!”, exclamou. Manuel Ferreira Fernandes, que doou 20 euros, com a mensagem “a Península de Setúbal não pode ficar sem a sua Imprensa Regional”, e Ramos Pardal, com 5 euros e a mensagem “O SETUBALENSE não pode parar”, foram outros dois leitores que contribuíram ontem. “Mantenham-se heróis” foi a bonita mensagem enviada por Gisela Cruz, de Coimbra, que contribuiu com 10 euros. Também Franklim Jesus ofereceu 10 euros. De referir que do Litoral Alentejano também chegam contributos de particulares. É o caso de João Reis, da pequena localidade de Arez, Alcácer do sal, que doou 5 euros.

Até à data os montantes mais elevados doados directamente na plataforma foram os da Fundação Buehler-Brockaus (2.000 euros) e de um empresário sadino que quer manter anonimato (mil euros).

A resposta por parte das empresas também tem vindo em crescendo, somando já 7.000 mil euros sob a forma de compra de publicidade. Depois de confirmados os contributos de uma grande empresa de Setúbal, que prefere não ser identificada, associada da Associação Industrial da Península de Setúbal (AISET), e da Ambilital, ontem ficámos a saber que também a Comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal (CVRPS) também vai participar desta forma.

O jornal agradece reconhecidamente a todos os que têm contribuído e vai continuando a dar informação diária sobre o desenrolar da campanha.

Para mais informação veja o anúncio no site d’O SETUBALENSE, entre na plataforma PPL ou ligue 265 094 354.

Rádio M24 Debate sobre imprensa no litoral Alentejano

Francisco Alves Rito, director d’O SETUBALENSE, participou ontem num debate sobre os problemas da comunicação social local e regional, promovido pela Rádio M24, de Santiago do Cacém. De entre vários temas, foi recordada a campanha de crowdfunding lançada pelo jornal.

Comentários

- Pub -