Crowdfunding. Leitores ajudam jornal a manter publicação

12
visualizações

Campanha já mobilizou mais de 70 apoiantes

 

- Pub -

A campanha de crowdfunding, recolha de fundos, que O SETUBALENSE tem em curso, voltou ontem a contar com o contributo de vários leitores e já ultrapassou as sete dezenas de apoiantes activos.

Na plataforma da PPL Crowdfunding Portugal, onde está a decorrer – ver na Internet em ppl.pt/causas/osetubalense – ontem, até à hora de fecho desta edição, tinham participado 67 pessoas. A estas, somam-se os contributos de outras seis entidades, entre particulares e três empresas – uma multinacional de Setúbal, que prefere não ser identificada, a Ambilital e a CVRPS – que já apoiaram através da compra de publicidade.
Os doadores de ontem, na plataforma, foram Rui Canas Gaspar, conhecido fundador do grupo de Facebook ‘Coisas de Setúbal’, que participou com 50 euros. Canas Gaspar disse-nos que contribuiu por sentir que tinha a obrigação de ajudar a manter o jornal, que é património da comunidade. João Pedro e Inês Mealha, ambos com 20 euros, Sezinando Manuel e um outro leitor que não quer ser identificado, com 5 euros, completaram o grupo.

Ontem também, uma outra empresa comunicou ao jornal a intenção de fazer uma doação – de que daremos conta quando se concretizar.

O jornal agradece reconhecidamente a todos os apoiantes e, além da informação regular sobre o andamento da campanha, no final vai publicar a relação completa de doadores e doações.

Hoje às 15h20 na RTP

O andamento da angariação de fundos para manter a publicação d’O SETUBALENSE vai ter divulgação publica hoje também na RTP. O director do jornal, Francisco Alves Rito, vai estar em directo na RTP3, por volta das 15h20.

Com esta campanha, o seu jornal, que, com 165 anos, é o título mais antigo de Portugal Continental, pretende assegurar a publicação regular até dia 31 de Maio e ultrapassar esta fase de pandemia sem suspender a actividade.

Comentários

- Pub -