Obras de recuperação do antigo aqueduto no Cabo Espichel já estão a decorrer

23
visualizações

Intervenção visa restabelecer a linha de água desde a nascente, na Azoia, até à Casa de Água

 

- Pub -

 

Já estão a decorrer as obras de recuperação do antigo aqueduto no Cabo Espichel, que visa “restabelecer a linha de água, desde a nascente, na Azoia, até à Casa da Água”, anunciou a Câmara Municipal de Sesimbra na passada segunda-feira.

Entre outras intervenções, a empreitada, que representa um investimento na ordem dos 1,3 milhões de euros, contempla “a consolidação do troço elevado da estrutura, a reposição da cobertura do canal e respectiva cumeeira, e a execução de rebocos com argamassa de cal e areia, semelhante à que originalmente revestia o aqueduto”. A parte subterrânea do referido aqueduto “será reabilitada posteriormente”, lembra a autarquia.
Do total de 1,3 milhões de euros orçado para a recuperação do equipamento, o município vai contar com uma comparticipação de cerca de “427 mil euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional”, ao abrigo de uma candidatura que apresentou “ao Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial da Área Metropolitana de Lisboa, do Portugal 2020”.

A autarquia presidida por Francisco de Jesus salienta que a intervenção no antigo aqueduto “foi precedida do diagnóstico da estrutura e do sistema hidráulico, que incluiu o levantamento de linhas, cotas e inclinações”, além do “registo vídeo da parte subterrânea, de forma a avaliar o estado de conservação”.

A obra, realça ainda o município, integra “o projecto de reabilitação do Santuário de Nossa Senhora do Cabo Espichel”, o qual inclui “a requalificação da envolvente e do cercado da Casa da Água, que está igualmente em curso”, bem como “o restauro da Casa da Água, concluído em 2017”.

Comentários

- Pub -