Crowdfunding. EDP Distribuição e Oculista Ideal da Moita ajudam campanha do jornal

1195
visualizações

O SETUBALENSE apela aos leitores e comunidade para ajudarem a manter publicação diária

A campanha de crowdfunding, recolha de fundos, que O SETUBALENSE tem em curso, recebeu ontem donativos de duas empresas. A EDP Distribuição contribuiu com 200 euros e a Oculista Ideal da Moita apoiou com 100 euros, em publicidade.

- Pub -

O donativo da EDP Distribuição foi feito directamente para o jornal, pelo que não consta na plataforma onde decorre o crowdfunding.

Na plataforma PPL Crowdfunding Portugal – que encontra no link ppl.pt/causas/osetubalense – recebemos também um donativo da leitora Ana Sofia Oliveira, que ofereceu 10 euros.

Até ontem, à hora de fecho desta edição, a campanha tinha recolhido um total de 15.481,31 euros, faltando 14.518,62 euros para o objectivo, que é de 30 mil euros.

O montante total obtido reparte-se entre o da plataforma PPL (6.312 euros) e o que nos chegou directamente (9.169,38 euros), sobretudo através da compra de espaço publicitário, por várias empresas.

A decorrer desde o início de Abril, a campanha já contou com a participação de mais de 80 apoiantes, entre particulares e empresas. Na plataforma tínhamos ontem 78 apoios, a que se somam os de vários outros particulares e uma dezena de empresas.

No caso das empresas, destacamos o contributo de uma multinacional de Setúbal, que prefere não ser identificada, que contribuiu com 6 mil euros em compra de publicidade. A Ambilital, CVRPS e Amagra são outras empresas que apoiaram desta forma. Outras entidades optaram por donativos, como é o caso da Rari – Construções Metálicas, SA ou do Clube da Arrábida.

Registamos também a generosidade de muitos anónimos e contributos de colaboradores, como Custódio Pinto, João Ribeiro, Albérico Afonso Costa, Manuel Henrique Figueira, Francisco Cantanhede ou Américo Lourenço.

Até ao momento, os montantes mais elevados doados directamente na plataforma foram os da Fundação Buehler-Brockaus (2.000 euros) e de um empresário sadino que quer manter anonimato (mil euros).

Faltam três semanas para fim do prazo

Apesar de todos estes apoios, ainda faltam quase 15 mil euros para que o objectivo seja alcançado, e o tempo já não é muito porque a campanha encerra daqui a 3 semanas e 3 dias (a 2 de Junho). Assim, apelamos aos leitores e á comunidade que ainda não participou, que ajude o jornal a manter a publicação neste período de pandemia, em que a receita de publicidade caiu drasticamente.

O jornal agradece reconhecidamente a todos os que têm contribuído e vai continuando a dar informação diária sobre o desenrolar da campanha.
Para mais informação veja o anúncio no site d’O SETUBALENSE, entre na plataforma PPL ou ligue 265 094 354.

Comentários

- Pub -