Festa da Ilustração traz Simanca e Loba a Setúbal em Outubro

16
visualizações

A 6.ª edição da Festa da Ilustração de Setúbal, marcada para Junho, foi agora reagendada para Outubro devido à Covid-19.

- Pub -

O evento que, segundo a autarquia “transforma Setúbal na capital da ilustração em Portugal” tem este ano como convidado o cartoonista cubano Osmani Simanca, com trabalhos publicados em todo o mundo. O português André Loba será o convidado contemporâneo desta edição. Um dos melhores 200 ilustradores do mundo, que hoje colabora com The New York Times, Time Magazine, The New Yorker, The Washington Post, Letras Libres, Kalandraka e Porto Editora.

A exposição de Simanca ficará patente, durante o mês de Outubro, no Espaço Ilustração da Casa da Cultura. E a Galeria de Exposições da Casa da Cultura vai receber o trabalho de Loba.

O ilustrador clássico homenageado na Festa da Ilustração de Setúbal 2020 é Tom, nome artístico de Thomaz de Mello, que nasceu em 1906, no Brasil, e morreu em 1990, em Lisboa. Um conjunto de trabalhos seus ficará patente na Galeria Municipal do 11.
A exposição “Ilustração Portuguesa”, uma das referências do certame sadino vai apresentar em A Gráfica – Fábrica das Artes o trabalho desenvolvido por ilustradores portugueses que se destacaram em 2019 e 2020.

A 6.ª edição deste evento conta ainda com uma mostra evocativa dos 50 anos do álbum de José Afonso “Cantigas do Maio”, cuja capa é da autoria de José Santa-Bárbara e fica patente no Museu do Trabalho Michel Giacometti.

Diversos ilustradores da região vão mostrar também os seus trabalhos na exposição “Ver ao Perto”, repartida pela Casa Bocage e pela Biblioteca de Azeitão. E, “as ilustrações de alunos das escolas superiores de artes estão em destaque na exposição “TPC”, patente na Casa do Largo, enquanto os estudantes do ensino secundário apresentam os seus trabalhos em “Sumário”, na Casa d’Avenida”, refere a autarquia.

Durante a Festa da Ilustração de Setúbal 2020 a Galeria Lapso acolhe também a exposição “Ilustradores Ilustrados”, com fotografias de João Francisco Vilhena.

Comentários

- Pub -